Está em
Início > Economia > 22.ª Feira de Artesanato de Celorico: Autarca diz que certame também é “ponto de encontro das famílias”

22.ª Feira de Artesanato de Celorico: Autarca diz que certame também é “ponto de encontro das famílias”

O presidente da Câmara de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, deixou um convite para uma visita à Feira de Artesanato e Gastronomia, que hoje foi inaugurada naquela vila, lembrando que o certame, que já vai na sua 22.ª edição, é um “ponto de encontro de muitas famílias” e uma “oportunidade para se fazer amigos”.

“Aqui fazem-se muitas amizades que perduram muitos anos”, afirmou o autarca, em declarações aos jornalistas, acrescentando: “Este é um ponto de encontro, um ponto de convívio das famílias e dos amigos. É um espaço com todas as condições para as pessoas degustarem um bom vinho, uma boa refeição, comprar um belo produto e ouvir músicas tradicionais. Por isso, as pessoas sentem-se bem, sentem-se num ambiente familiar”.

 

feira de artesanato de celorico de basto

 

O certame reúne no centro da vila (central de camionagem) cerca de centena e meia de expositores, a maioria dos quais artesãos, mas também vendedores de vinho verde produzido na sub-região de Basto, para além de seis restaurantes que servem refeições regionais. Os visitantes poderão, também, contar com animação musical proporcionada por grupos da região.

A inauguração contou com a presença do vice-presidente do Turismo do Porto e Norte de Portugal, Inácio Ribeiro.

 

UMA ALAVANCA PARA A ECONOMIA DO CONCELHO

 

Sublinhando que a aposta da organização, ano após ano, tem sido na qualidade dos expositores, nomeadamente dos artesãos oriundos de vários pontos do país, Joaquim Mota e Silva recordou que o evento já se assume como uma alavanca para a economia do concelho, porque atrai milhares de visitantes, incluindo muitos turistas e emigrantes que se encontram na região nesta altura do ano .

“É uma feira que tem um potencial económico muito grande, porque traz muita gente ao concelho e à vila de Celorico. Muitos negócios são feitos aqui na feira e alavanca tudo em termos de comércio, restauração e alojamento. Esta feira é um motor e uma alavanca muito importante na economia de Celorico de Basto”, anotou.

 

Feira de Artesanato de Celorico de Basto 3

 

Joaquim Mota e Silva reafirmou a opção da autarquia em investir neste evento, que justificou com o retorno que consegue gerar na economia, para além de ajudar a promover o concelho.

“Fica uma imagem tão positiva, tão atrativa, de tantos produtos, de tantas marcas, que as pessoas acabam por consumir ao logo do ano coisas de Celorico e de vir ao nosso concelho”, referiu, enquanto se congratulava por cada vez mais turistas visitarem o município.

“Cada vez mais pessoas vêm a Celorico e isso demonstra que nós temos um naipe de eventos que promovemos ao longo do ano, que são muito fortes, e que têm reforçado uma imagem de marca ao longo do ano”, concluiu.

 

 

Top
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com