Está em
Início > Destaque > Airães compromete-se a não usar glifosato na limpeza de espaços públicos

Airães compromete-se a não usar glifosato na limpeza de espaços públicos

A autarquia de Airães aderiu ao manifesto “Autarquias sem Glifosato” e comprometeu-se a não usar aquele produto químico na limpeza dos espaços públicos, disse ao Expresso de Felgueiras o presidente da Junta de Freguesia de Airães, Vítor Vasconcelos.

Segundo o autarca, a adesão ao manifesto já foi oficialmente aceite pela Plataforma Nacional “Autarquias sem Herbicidas”.

O manifesto obriga a junta de freguesia a não utilizar herbicidas na limpeza de espaços públicos, em particular o glifosato, contribuindo para um melhor ambiente da freguesia e para a qualidade de vida dos seus cidadãos.

Na sequência da adesão ao manifesto e da sua aceitação pela plataforma, o autarca lançou um apelo para os habitantes da freguesia e solicitou a compreensão e tolerância da população às novas medidas de limpeza das plantas infestantes em espaços públicos.

A criação da plataforma nacional “Autarquias sem Herbicidas” é uma iniciativa da Quercus e surgiu da necessidade de responder às inúmeras queixas e denúncias que advertiam a aplicação abusiva do produto e fazer face ao receio dos cidadãos face às consequências dos químicos no ambiente e na saúde.

Foi elaborado um documento que procurou compilar e resumir informação mais relevante: “Linhas Orientadoras – Controlo de Plantas Infestantes em Espaços Públicos”. No dia 20 de março de 2014 foi elaborada uma campanha contra o uso de herbicidas em espaços públicos que contou com o apoio da Plataforma Transgénicos Fora.

Para o lançamento da campanha, foi enviada uma carta a todas as autarquias alertando para os perigos da utilização deste químico em espaços públicos.

Com a carta enviada às câmaras municipais foi anexado o manifesto “Autarquia sem Glifosato” a solicitar que a informação fosse veiculada às juntas de freguesia.

No país, 17 freguesias e 10 municípios já subscreveram o manifesto “Autarquias sem Glifosato”.

 

Top