Alunos de Felgueiras na maior competição mundial para jovens cientistas

Alunos de Felgueiras, Ovar e Odemira vão representar Portugal na Feira Internacional de Ciência e Engenharia (Intel ISEF), a maior competição mundial para jovens cientistas que começa no domingo em Phoenix, Estados Unidos.

Os participantes portugueses são três das equipas vencedores da 12.ª Mostra Nacional de Ciência, que decorreu entre 31 de maio e 02 de junho de 2018, no Porto.

Os alunos são da Escola Secundária Júlio Dinis, Ovar, da Escola Profissional de Felgueiras e da Escola Secundária Dr. Manuel Candeias, em Odemira.

Pela área das ciências do ambiente, estudantes de Ovar ganharam o primeiro prémio nacional com um projeto de produção de bioplástico (biodegradável e resistente) a partir, por exemplo, de sobras de arroz confecionado em restaurantes e sementes de acácia, uma planta invasora.

Na Escola Secundária Dr. Manuel Candeias, em Odemira, alunos testaram as condições para a degradação da esferovite com larvas do inseto tenébrio (mais conhecido por larva-da-farinha).

Um grupo de três jovens da Escola Profissional de Felgueiras concebeu uma pulseira com sensores que permite monitorizar a segurança de crianças nos infantários, sendo capaz, por exemplo, de bloquear portas e portões.

A Feira Internacional de Ciência e Engenharia (Intel ISEF) 2019 decorre nos Estados Unidos até 17 de maio. A iniciativa, anual, é considerada a maior competição mundial cientifico-tecnológica para jovens em idade escolar.

A Mostra Nacional de Ciência, que premeia anualmente em Portugal a criatividade de jovens nas áreas da ciência e tecnologia, é organizada pela Fundação da Juventude, com o apoio da Ciência Viva – Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica.

ER // ZO

Lusa/Fim