Amarante esterilizou 110 cães e gatos desde 2016

A Câmara de Amarante anunciou hoje ter esterilizado, desde 2016, 110 animais domésticos (cães e gatos) e colocado uma centena de microchips, de forma gratuita.

Fonte da autarquia acrescentou à Lusa que não são abatidos animais errantes no concelho desde aquela data.

A esterilização é oferecida pelo município, no âmbito da campanha que incentiva a adoção de cães e gatos, após uma “cuidadosa avaliação médica, esterilização, vacinação antirrábica, identificação eletrónica e desparasitações interna e externa”.

A fonte realça que a adoção de um animal do canil, “além de estar a ganhar um amigo para a vida, permite que seja recolhido outro animal da rua”.

Nesse âmbito, até ao momento, já foram adotados 90 animais de companhia, que foram registados numa base de dados nacional.

A medida de esterilização dos animais encaminhados para adoção, que Amarante já implementa desde que foi inaugurado o canil municipal, vai tornar-se obrigatória em Portugal a partir de setembro deste ano, assinalou a fonte.

O centro de recolha oficial de animais errantes de Amarante, equipamento conhecido como canil e gatil, tem capacidade para 10 cães e 12 gatos e funciona desde novembro de 2016.

APM // JAP

Lusa/fim