Apresentado novo livro de poesia de José Quintela

O autor e poeta felgueirense José Quintela apresentou, no passado fim de semana, na biblioteca municipal de Felgueiras, o seu novo livro de poesia intitulado “O Futuro Foi Ontem”.

Depois de “Na Linha do Tempo”, editado em 2011, e de “Catleya”, em 2016, neste novo trabalho José Quintela, como escreve no opúsculo, verteu “para um novo livro temas de ontem e de hoje, que, desde dezembro de 1973, até maio de 2019, se foram escrevendo e guardando nos baús e na memória deste modesto escriba, que não tendo nenhuma pretensão de e para se considerar um poeta, se vai sentindo crescentemente mais entrosado e mais aprisionado ao mundo da poesia”.

A apresentação de “O Futuro Foi Ontem” foi feita por Fernando Diogo, professor coordenador e presidente do Conselho Científico da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico do Porto, que relevou a forma humanista e cheia de afetos presente na escrita do autor felgueirense.

josé quintela livro2

Uma das presenças nesta apresentação foi a da ex-presidente da Câmara de Felgueiras, Fátima Felgueiras, que declamou um poema de José Quintela dedicado aos 60 anos da Cooperativa Terras de Felgueiras: “Majestosa Fonte de Cristais Doirados”.Numa breve intervenção, a antiga autarca deixou o incentivo aos autores felgueirenses para que “retirem das gavetas o trabalho que têm produzido ao longo dos últimos anos”.

Nesta sessão de apresentação, Hélder Quintela, que moderou a sessão, recordou que em 2019 se cumprem os 30 anos da edição da “Primeira Coletânea de Poetas Felgueirenses”.

No dia 16 de novembro, o novo livro de José Quintela será apresentado na cidade da Lixa.

 

FOTOS: Pedro Alves/Semanário de Felgueiras