Apresentado prato de bacalhau como identitário do concelho

Felgueiras apresentou o “Bacalhau à Felgueiras”, um prato inspirado e criado pelo “orgulho, vocação e talento felgueirense” e que passará a ser um prato identitário do concelho, informou a autarquia.

Para a eleição do prato, foi realizada uma pesquisa que 1ue permitiu concluir que esta iguaria tão apreciada na atualidade, tanto pelos portugueses como pelos turistas estrangeiros, tem uma tradição ancestral na dieta dos felgueirenses desde o século XVII.

Conforme comprovam documentos do arquivo distrital de Braga, no fundo da Congregação de S. Bento e do Mosteiro de Santa Maria de Pombeiro, o bacalhau já fazia parte da dieta alimentar dos Monges Beneditinos de Pombeiro desde, pelo menos, 1638.

A pesquisa no fundo arquivístico da Câmara Municipal de Felgueiras permitiu compreender a tradição generalizada do bacalhau na dieta dos felgueirenses, sendo o registo mais antigo relativo à sua venda datado de 1699 e nos anos seguintes de venda de bacalhau nas feiras de Barrosas, S. Jorge de Várzea e Margaride, pelo que o seu consumo em Felgueiras seria, já nessa altura, em larga escala.

A tradição do bacalhau continua fortemente enraizada em Felgueiras, o saber fazer passou de geração em geração, daí integrar os menus de toda a restauração do concelho.

Joel Costa, vereador das Atividades Empresariais e Turismo, citado em comunicado, salientou que “é gratificante ter a participação ativa, nas várias sessões teóricas e práticas, da maioria dos restaurantes de Felgueiras, num prato que foi criado pelos chefes cozinheiros de Felgueiras, com a coordenação do reputado chefe José Vinagre”.

O autarca acrescentou que “o Bacalhau à Felgueiras integra produtos endógenos de Felgueiras sobressaindo o espargo e o kiwi”.

“Este prato, o Pão de Ló de Margaride (finalista distrital às 7 Maravilhas Doces de Portugal) e os vinhos de Felgueiras constituem agora uma oferta mais distintiva e integrada que estou certo afirmará cada vez mais Felgueiras como destino turístico de gastronomia & vinhos”.

Rodrigo Pinto Barros, presidente da APHORT, elogiou o trabalho da Câmara Municipal e dos agentes económicos no projeto “PROVE FELGUEIRAS”, considerando que o “Bacalhau à Felgueiras tem tudo para ter sucesso, quer pela identidade e qualidade do prato quer pelo marketing que está a ser efeito”.