ARS Norte defende que escolas são espaços importantes para a promoção da saúde

O membro do conselho diretivo da Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-Norte), Ponciano Oliveira, afirmou, em Felgueiras, que escola é um espaço privilegiado para a promoção da saúde e pode desempenhar um papel preponderante na adoção de valores e estilo de vida saudáveis.

Ponciano Oliveira, falava na abertura da II Jornadas da Saúde em contextos educativo, em representação da ARS-Norte defendeu que o sucesso das políticas de saúde em contexto educativo deve assumir, cada vez mais, uma dimensão transversal e multidisciplinar.

O membro do conselho diretivo da ARS-Norte reconheceu que é fundamental, nesta área, haver uma maior articulação entre os serviços de saúde, da área da educação e envolver a comunidade, o cidadão, na procura de respostas que permitam formar jovens esclarecidos e diminuir os comportamentos de risco.

Ponciano Oliveira realçou a necessidade destes temas serem trabalhados de forma multidisciplinar, salientando que a promoção da saúde deve ser vista nos seus diferentes domínios e analisada como um todo.

As II Jornadas de Saúde Pública em Contextos Educativos tiveram como principais destinatários os profissionais de saúde do ACES Tâmega III – Vale do Sousa Norte, os docentes dos Agrupamentos/Escolas dos concelhos de Felgueiras, Lousada e Paços de Ferreira e técnicos de Ação Social dos três concelhos.

Laurinda Ladeiras, em representação da Direção Geral de Educação, adiantou que todas as crianças e jovens têm direito à saúde e à educação e compete à escola refletir e promover boas práticas na área da saúde, tornando as escolas em espaços promotores de saúde.

II jornadas saúde pública em contexto escolar Felgueiras 9

A este propósito realçou a necessidade de promover a literacia em saúde nos espaços escolares, veiculando informação sobre a alimentação, atividade física, saúde oral, mental, mas também comportamentos sexuais de risco.

Laurinda Ladeiras esclareceu que compete aos agentes educativos em articulação com a área da saúde a da comunidade minimizar dos riscos para a saúde assim como reduzir o impacto dos problemas de saúde no desempenho dos alunos.

O presidente da Câmara de Felgueiras, Inácio Ribeiro, reconheceu a pertinência do tema e assumiu que as autarquias têm um papel e uma responsabilidade na discussão destes temas.

 

II jornadas saúde pública em contexto escolar Felgueiras 7

O responsável pelo executivo elogiou o conselho científico e a comissão organizadora pelas II jornadas de saúde pública em contexto escolar e referiu-se ao programa apresentado como sendo de qualidade e reunindo um naipe de palestrantes e técnicos de diversas áreas profissionais de reconhecida qualidade.

Já a vereadora da Câmara de Lousada, Cristina Moreira, considerou que as autarquias, a ação social e as organizações educativas devem trabalhar em rede, em equipas multiprofissionais e intersectoriais contribuindo para uma escola mais inclusa do ponto de vista social.

O responsável área geográfica do ACES Tâmega III – Vale do Sousa Norte, Hugo Lopes, concordou que a escola ao constituir-se como um espaço seguro está a promover comportamentos saudáveis à saúde e consequentemente a contribuir para disseminar essas práticas junto da comunidade.

As Jornadas da Saúde em contextos educativos são uma organização (em parceria) que envolve o trabalho de vários profissionais e entidades ligadas à Educação, Saúde e Municípios da área geográfica do ACES Tâmega III – Vale do Sousa Norte.

 

II jornadas saúde pública em contexto escolar Felgueiras 1