Assis regressa 5ª feira a Felgueiras onde foi agredido em 2003

Francisco Assis terá um contacto de rua com a população logo ao início da manhã junto à sede do PS, precisamente o local onde foi insultado, agredido e impedido de entrar no edifício por apoiantes socialistas locais próximos da então presidente da Câmara, Fátima Felgueiras

Lusa

O cabeça de lista socialista às europeias, Francisco Assis, estará na quinta-feira numa ação de rua em Felgueiras, município onde foi agredido em 2003 e terá a seu lado em Castelo Branco o ex-comissário europeu António Vitorino.

Francisco Assis terá um contacto de rua com a população logo ao início da manhã junto à sede do PS, precisamente o local onde foi insultado, agredido e impedido de entrar no edifício por apoiantes socialistas locais próximos da então presidente da Câmara, Fátima Felgueiras.

Fátima Felgueiras, enquanto presidente da Câmara, foi alvo de vários processos judiciais e teve um mandado de prisão preventiva, e Francisco Assis, então líder da Federação do Porto do PS, retirou-lhe a confiança política.

Assis dirigiu-se com outros dirigentes socialistas a Felgueiras para justificar a decisão, mas antes de entrar na sede do PS foi agredido por apoiantes de Fátima Felgueiras.

Da parte da noite, no comício de Castelo Branco, Francisco Assis terá a seu lado o ex-ministro socialista António Vitorino, mandatário nacional da lista europeia do PS.

 

PMF // PGF

 

Lusa/fim