Está em
Início > Destaque > Autárquicas: PS/Fafe apoia independente adversário da candidatura socialista

Autárquicas: PS/Fafe apoia independente adversário da candidatura socialista

O ex-vereador na Câmara de Fafe Antero Barbosa vai ser candidato à presidência da autarquia, à frente de uma lista independente, com o apoio da estrutura local do PS, avançou hoje à Lusa fonte do partido.

O presidente da concelhia e ex-presidente da Câmara, José Ribeiro, assinalou que a intenção de candidatura foi anunciada por Antero Barbosa no jantar que o PS de Fafe organizou para assinalar mais um aniversário do 25 de Abril.

À Lusa, Ribeiro recordou que o apoio à candidatura de Antero Barbosa tinha sido confirmado, há cerca de 15 dias, por unanimidade, pelo secretariado do PS local.

O jantar foi organizado pela concelhia e reuniu cerca de 500 militantes, incluindo atuais e ex-dirigentes do PS e da JS locais, além de alguns dos atuais presidentes de junta.

Antero Barbosa falou aos militantes e recordou que em novembro do ano passado foi convidado por José Ribeiro para ser candidato do PS à Câmara e que aceitou porque, à data, Raul Cunha, atual chefe do executivo municipal, afirmava publicamente que não se pretendia recandidatar.

Lembrou ainda que, apesar da sua militância e dos valores socialistas, será candidato como independente, porque “houve um gabinete em Lisboa que colocou um pedregulho intransponível” no caminho que os socialistas locais tinham escolhido.

“Apresentar-me-ei com uma candidatura independente porque a isso sou obrigado”, afirmou.

Abraço ao presidente da concelhia, José Ribeiro
Abraço ao presidente da concelhia, José Ribeiro

O antigo vereador referia-se à avocação do processo decidida no início do ano pela direção nacional do PS que impôs a recandidatura do atual presidente da Câmara, o independente Raul Cunha, semanas depois de a concelhia ter aprovado, por maioria, o apoio a Antero Barbosa.

“Eu não fujo com o peito às balas. A minha candidatura é para defender e honrar a nossa secção e os valores de Fafe e abril”, comentou, reafirmando a sua disponibilidade para levar a candidatura até ao fim, com o apoio de José Ribeiro e de outros militantes socialistas.

“O PS não nos quis, eu não me junto a nenhuma força política, portanto vamos pelo caminho que temos disponível que é a apresentação de uma candidatura independente, onde eu serei o cabeça-de-lista”, acrescentou.

Antero Barbosa admitiu a dificuldade acrescida que representa liderar uma candidatura independente, mas disse estar convencido que “o povo de Fafe será justo” e que “no dia 01 de outubro dará uma lição ao país e ao PS, “que avaliou mal este processo”.

Defendeu depois não haver nenhuma razão que justifique a sua demissão do PS e que “a melhor forma de defender o partido no concelho é afrontar esta decisão [da nacional] que é de todo injusta e humilhante” para a secção socialista de Fafe.

O jantar do PS de Fafe alusivo ao 25 de abril aconteceu à mesma hora em que a candidatura de Raul Cunha, apoiada pela direção nacional, promovia outro jantar na cidade.

O processo eleitoral autárquico naquele concelho está a ser marcado por uma divisão no PS.

Recentemente, o Tribunal Constitucional julgou improcedente a ação do líder do PS de Fafe, José Ribeiro, que contestava a decisão da Comissão Nacional de Jurisdição sobre o processo eleitoral autárquico naquele concelho.

Face a esta decisão do tribunal, confirma-se, em definitivo, que o candidato do PS em Fafe nas autárquicas de 01 de outubro será o independente Raul Cunha, atual presidente da Câmara, que foi indicado pela direção nacional socialista, que avocou o processo, contra a vontade dos órgãos locais do partido.

O PS de Fafe, liderado pelo ex-presidente da Câmara José Ribeiro, tinha escolhido para candidato o ex-vereador Antero Barbosa.

A decisão de avocação do processo pela nacional foi impugnada pela concelhia na Comissão Nacional de Jurisdição, órgão que, contudo, julgou improcedente aquela matéria.

APM // MSP

Lusa/fim

Top
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com