Está em
Início > Author: Sérgio Martins

Não vamos regressar ao passado

Passado um mês, desde que o PS Felgueiras retirou o apoio ao seu candidato, Pedro Araújo, estes ainda não apresentaram um novo cabeça de lista, até ao momento. Estão, para já, anunciados apenas Rui Miranda, pelo movimento “Novo Rumo”, Nuno Fonseca, pelo movimento “Sim Acreditamos” e o atual presidente da câmara e candidato a um…

43 anos depois

Passados quarenta e três anos sobre a Revolução que restabeleceu a Democracia e o poder ao povo, continuamos com os estigmas do passado. A esquerda e extrema esquerda intitulam-se “donas” da revolução, esquecendo que não fosse o 25 novembro teríamos tido o mesmo triste final que todos os países europeus comunistas, e com isso têm…

Habemus candidato

A concelhia do Partido Socialista de Felgueiras aprovou, em reunião, o nome do líder do Primeiro MIC (Primeiro Movimento Independente de Cidadãos), Pedro Araújo, como candidato à câmara municipal de Felgueiras. Nada de surpreendente depois do anúncio do próprio movimento “independente” de que teria chegado a uma plataforma de entendimento com o PS e da…

Felgueiras e não os projetos pessoais

E chegou janeiro de um novo ano com o mundo em ebulição. A tomada de posse do presidente dos EUA com a mais baixa taxa de popularidade em início de mandato – conseguindo bater Nixon – e um extremismo que, diziam os mais conservadores dos Republicanos, seria diluído com os conselheiros e staff da Casa…

É a democracia

Foi aprovado o Orçamento de Estado para 2017 com os votos favoráveis da Geringonça. Ninguém tinha dúvidas que, embora os dois principais partidos que suportam a aliança de esquerda para governar Portugal tivessem feito o seu teatro habitual, votariam favoravelmente o Orçamento. Como tenho defendido, este não é um Orçamento realista mas sim eleitoralista. Aquilo…

Orçamentos

O governo socialista apresentou o Orçamento de Estado (OE) para 2017, na Assembleia da República, no passado dia 15 como é habitual, o que não é habitual é que o OE seja entregue com uma série de documentos em falta. Especialmente aqueles que permitem comparar a execução do OE de 2016 e não a sua…

E assim vai…

Em época de balanços, e quando já mexem as estruturas partidária e os movimentos ditos independentes, para prepararem as próximas eleições autárquicas, continuamos a assistir à continuação da estratégia da oposição de desinformação dos felgueirenses, até nas redes sociais e com falsos perfis. Será uma estratégia legítima como qualquer outra, mas não deixa de ser…

Mais um aniversário

Felgueiras comemorou o seu 26º aniversário da elevação à categoria de cidade no passado dia 13 de julho. Em vinte e seis anos foram muitas as transformações que aconteceram na cidade e concelho. Nem todas foram positivas, o enquadramento urbanístico e o caos daí decorrente poderiam ter sido evitados tal como já referi neste mesmo…

Nada como um estudo para animar as hordas

O estudo “Portugal City Brand Ranking”, aqui referido pelo Expresso de Felgueiras, foca três áreas essenciais: “negócios” (empresas, “crescimento empresarial”, emprego), “visitar” (dormidas, capacidade hoteleira e taxa de ocupação) e “viver” (população, taxa de desemprego, criminalidade, poder de compra, ensino superior, saúde, etc.). Toda a oposição, e algumas pessoas com uma agenda e objetivos próprios, que…

Confiança

Ainda a propósito da novela mexicana que alguns teimaram em criar à volta da Escola Profissional de Felgueiras (EPF), convém relembrar os menos atentos e aqueles que apenas gostam de relatar pela metade os factos – normalmente os que mais convêm – que o alarmismo criado pelo PS à volta da EPF foi, de facto…

Top