Barrosas e Lixa dividem pontos no dérbi do concelho de Felgueiras (C/ÁUDIO)

 

Barrosas e Lixa empataram a uma bola, ontem à noite, na partida em atraso da 14ª jornada da série 2 da Divisão de Elite da Associação de Futebol do Porto (AFP), que esteve inicialmente agendada para o passado dia 10, mas que foi adiada devido ao mau tempo.

A equipa da casa marcou antes do intervalo, aos 40’, por intermédio de Davide Bessa. Os lixenses chegaram à igualdade já perto do final da contenda, aos 85’, através de Pedro Alves.

Tonanha considera que o Barrosas merecia o triunfo porque “foi na maior parte do tempo superior ao Lixa”.

“Tivemos várias oportunidades flagrantes de golo. Quem chegasse ao estádio no último quarto de hora dizia que o Lixa os pressionou, mas não corresponde à verdade, porque em 70 minutos de jogo foi o Barrosas sempre por cima”, afirma.

O treinador barrosense queixou-se ainda de um golo não assinalado a favor da sua equipa, ainda na 1ª parte, num lance em que a bola terá ultrapassado a linha de baliza, após ter embatido na trave.

“Estou longe, mas disse logo ao árbitro assistente que, pela forma como bateu no chão e veio para trás, foi golo. Já vi no vídeo, bateu 5 centímetros dentro”, assegura.

Já o técnico do Lixa, Bock, reconhece que o ponto conquistado em Barrosas “é positivo”.

“Mais uma vez a minha equipa demonstrou que é uma equipa que se galvaniza, que dá tudo em campo e que tem uma alma tremenda. Vimo-nos a perder num lance que é fruto da falta de experiência, quase a acabar a primeira parte, mas a equipa no segundo tempo deu a volta. Conseguimos o empate já numa fase adiantada do jogo e penso que se demorasse mais algum tempo ainda poderíamos lutar pela vitória”, considera.

Com a igualdade (1-1) registada no dérbi do concelho de Felgueiras, o Barrosas permanece no 5º posto da classificação, com 25 pontos, a quatro de distância do 2º lugar que dá acesso ao play-off de promoção.

O conjunto orientado por Tonanha ampliou para sete o número de jogos consecutivos a pontuar.

Os barrosenses só regressam à competição, a 7 de janeiro, na deslocação a Santo Tirso, para defrontar o Tirsense, no encontro a contar para a 16ª jornada da Divisão de Elite AFP.

O Lixa subiu à 10ª posição, com 18 pontos. A equipa comandada por Bock ainda vai realizar mais dois jogos antes do final do ano, frente ao Aliados de Lordelo, referentes à 1ª ronda da fase final da Taça AFP.

O treinador azul e branco está ciente de que será uma eliminatória muito complicada porque será discutida ante um opositor “muito forte e que está muito moralizado pelo campeonato que está a fazer”.

A 1ª mão está agendada para sábado, às 15:00, em Lordelo. A 2ª mão, realiza-se no dia 30, no Estádio Senhor do Amparo, na Lixa.

 

Luís Miguel Nogueira