Está em
Início > Destaque > Câmara de Fafe atribui 211 mil euros aos bombeiros voluntários

Câmara de Fafe atribui 211 mil euros aos bombeiros voluntários

A Câmara de Fafe atribuiu 211 mil euros à Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Fafe através de um protocolo assinado na quinta-feira, informou a autarquia.

O protocolo representa o subsídio ordinário atribuído pelo Município no valor de 130 mil euros, mais cinco mil euros relativamente ao apoio transferido o ano passado.

No valor de 61 mil euros, foi atribuído um apoio destinado ao programa de socorro de transporte de acidentados e doentes, realizado pela corporação, renovando-se um compromisso do ano anterior.

Em comunicado, a autarquia recorda que o apoio garante uma equipa, constituída por cinco elementos, com a exclusiva missão de assegurar, em permanência, serviços de socorro e transporte de acidentados e doentes, incluindo a urgência pré-hospitalar no âmbito do sistema integrado de emergência médica à população.

 

CM Fafe apoio aos bombeiros 3

 

Desde 01 de janeiro de 2017, altura em que foi celebrado um primeiro acordo para este apoio, o Município de Fafe comparticipa, na íntegra, todos os custos decorrentes da remuneração dos elementos desta equipa. A par desta equipa, suportada integralmente pela Câmara Municipal, existe uma outra equipa que aufere também de um apoio do Município.

O último apoio relaciona-se com o 43.º Congresso da Liga dos Bombeiros Portugueses, que decorreu, em Fafe, em outubro de 2017, e contou com a participação de mais de 900 bombeiros. Para o apoio à realização daquele evento, o Município atribuiu 20 mil euros.

Pedro Frazão, presidente da Associação de Bombeiros Voluntários de Fafe, citado em comunicado, revelou satisfação por ver “renovado este compromisso entre a Câmara Municipal de Fafe e a Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de trabalharem em prol dos fafenses”.

“A nossa instituição conta já com 33 profissionais e as responsabilidades tem vindo a crescer. O apoio ordinário hoje atribuído, o apoio à equipa e ainda o subsídio para a realização do Congresso da Liga de Bombeiros Portugueses são ajudas importantes para aquilo que é a gestão diária da nossa instituição que, felizmente, não tem passado por sobressaltos financeiros nos últimos anos”, referiu.

Raul Cunha, presidente da Câmara Municipal de Fafe, considera estes protocolos uma forma relevante de apoiar os Bombeiros Voluntários, estreitando relações de cooperação, ao mesmo tempo que desempenha um papel determinante na concretização do serviço de socorro e transporte de doentes, na proteção civil e no trabalho meritório que a Corporação desenvolve diariamente.

“Este é um dia importante, porque se consagra uma colaboração estreita de há vários anos com a Associação de Bombeiros Voluntários de Fafe. Esta é uma instituição que nos orgulha muito pelo trabalho que tem feito em prol de Fafe e da segurança e da qualidade de vida dos fafenses, que só beneficiam deste bom entendimento”, acrescentou.

A Associação Humanitária de Bombeiros de Fafe tem, atualmente, cerca de 85 bombeiros voluntários.

Top
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com