Câmara quer mudar escola profissional para o centro de formação de calçado

O presidente da Câmara de Felgueiras admitiu hoje que a escola profissional da cidade, propriedade do município, poderá mudar-se para as instalações do centro de formação de calçado e que essa solução seria uma “mais-valia”.
Falando em reunião do executivo, Nuno Fonseca referiu que a questão, para a qual não há ainda decisão final, tem vindo a ser tratada, por ambas as partes, no contexto de uma mudança de instalações da escola profissional.
O objetivo, acentuou, será aproveitar as boas condições físicas e a maquinaria do polo de Felgueiras do Centro de Formação Profissional da Indústria de Calçado (CFPIC), situado a poucos quilómetros do centro de Felgueiras.

 

NUno Fonseca reunião de câmara

O presidente da autarquia respondia a um pedido de esclarecimento do vereador João Sousa, do PSD, nomeadamente sobre os moldes de uma eventual solução para a EPF.
O presidente da câmara lembrou que a escola profissional funciona num espaço provisório, que inclui instalações pré-fabricadas e outras com cobertura em amianto, que representam um custo elevado para a autarquia e que urge encontrar uma solução para o problema.
Para já, referiu, o que está a ser discutido com o CFPIC é a partilha de instalações, funcionando ambas as instituições de ensino em simultâneo, cada uma com os seus cursos.
Apesar da vontade da câmara, Nuno Fonseca referiu que a decisão carece ainda de autorização do Instituto de Emprego e Formação Profissional, a entidade que detém o CFPIC.
O vereador social-democrata questionou se a mudança poderá ocorrer a tempo do próximo na letivo.
Na resposta, o presidente pediu mais alguns meses para poder avançar com dados mais concretos sobre o assunto.