Concurso de Espantalhos com número “record” de concorrentes

Sessenta e um trabalhos de instituições públicas e privadas do concelho de Felgueiras estão expostos, no jardim municipal, até domingo, no âmbito da oitava edição do Concurso de Espantalhos (2017), informou fonte da autarquia.

O concurso, promovido pela Câmara Municipal, superou as edições anteriores a nível do número de participações.

O concurso é subordinado ao tema “Flores com Poesia”, para celebrar o 150.º aniversário do nascimento de António Nobre, ocorrido a 16 de agosto de 1867, na cidade do Porto, mas com raízes familiares em Felgueiras (o pai do poeta do Simbolismo era natural de Borba de Godim).

O júri avaliará a originalidade e a criatividade dos trabalhos e atribuirá prémios pecuniários aos três primeiros classificados. Duzentos e cinquenta euros (1º Prémio), 200 euros (2º Prémio) e 150 euros (3º Prémio). Será ainda atribuído um prémio de participação, de 100 euros, a todos os concorrentes. É obrigatória a utilização de materiais recicláveis.

“É com muita satisfação que a autarquia regista em cada ano um número crescente de concorrentes, facto que demonstra a importância desta iniciativa, que tem como objetivo principal estimular a imaginação e a criatividade dos participantes bem como promover a cultura a nível regional, incutindo nas pessoas, ao mesmo tempo, a importância da utilização de materiais recicláveis”, disse a vereadora da Cultura, Carla Meireles, citada em comunicado.

A autarca evidenciou ainda que a figura do homenageado, António Nobre, “é um dos grandes poetas da literatura portuguesa, é com elementar justiça que o homenageamos neste concurso, a fim de sensibilizar os mais jovens para que conheçam a sua vida e a sua obra”.