Está em
Início > Destaque > Cooperativa de Felgueiras duplicou exportações de vinho verde para a Rússia (C/ÁUDIO)

Cooperativa de Felgueiras duplicou exportações de vinho verde para a Rússia (C/ÁUDIO)

As exportações de vinho verde para a Rússia, feitas este ano pela Cooperativa Agrícola de Felgueiras, duplicaram face a 2017, ultrapassando um milhão de garrafas, disse hoje à Lusa fonte da direção.

“A Rússia, para nós, tem sido uma grande aposta e um ótimo mercado”, comentou Rui Madeira Pinto, dirigente daquela cooperativa, equivalendo a 40% do total das vendas para o estrangeiro.

Aquele crescimento acelerou os ganhos dos anos anteriores e prevê-se, segundo a instituição, que 2019 seja um ano “muito positivo” nas exportações para aquele país.

Recentemente, contou, um grupo de empresários ligadas ao setor da distribuição, de nacionalidade Russa, esteve em Felgueiras, onde foram estabelecidos novos contactos para incrementar as vendas para aquele que já é o maior mercado da Cooperativa de Felgueiras, em termos de exportação de vinho verde.

Atualmente, a cooperativa portuguesa conta com quatro grandes importadores na Rússia, em vários pontos do seu vasto território, perspetivando-se, por isso, segundo Rui Madeira Pinto, uma “grande margem” de progressão em termos de vendas, nos próximos anos.

Nas exportações de vinho verde para aquele mercado, destacam-se as marcas das gamas médias e altas, sobretudo o “Terras de Felgueiras”, produzidas pela cooperativa agrícola, que são também as que representam maiores volumes de faturação”.

“O nosso vinho tem cada vez mais fama”, comentou, explicando que a boa relação entre o preço e a qualidade, a diversidade da gama e uma imagem apelativa, sustentam o interesse daquele mercado.

 

Vinhos_Terras-de-Felgueiras_Cooopfelgueiras-1200x745

 

Na Rússia, frisou, são sobretudo os jovens que apreciam o vinho verde português, correspondendo com sucesso às campanhas de ‘marketing’ que têm acontecido naquele e outros territórios, por iniciativa da cooperativa, mas também da Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes. O espumante de vinho verde é outro produto em ascensão e cada vez mais reconhecido, reforçou.

Além da Rússia, também os mercados norte-americano e brasileiro, cada um com 20% das vendas, continuam a destacar-se na carteira de clientes daquele produtor.

Na Europa, a Suíça e a França são os destinos mais importantes para o vinho produzido em Felgueiras, também com “ganhos sustentáveis” em 2018, disse.

Este ano, as exportações no conjunto dos vários mercados já representam 30% das vendas de vinho verde da Cooperativa Agrícola de Felgueiras, subindo cerca de 5% em relação a 2017.

Ao nível do mercado interno, assinalou o dirigente, as vendas também têm subido, destacando-se a presença nos grandes supermercados das principais marcas de vinho verde daquela cooperativa.

Em 2018, a cooperativa produziu cerca de oito milhões de garrafas de vinho verde e espumante.

 

Top
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com