Está em
Início > Economia > Desemprego diminuiu 17,3% num ano na região do Tâmega e Sousa

Desemprego diminuiu 17,3% num ano na região do Tâmega e Sousa

O desemprego na região do Tâmega e Sousa diminuiu 17,3% num ano, registando menos cerca de 5.000 pessoas à procura de trabalho, segundo números do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP).

Segundo os dados oficiais consultados pela Lusa, o conjunto dos 12 municípios da região, a maioria do distrito do Porto, apresentava, em março de 2018, menos 4.994 desempregados do que no mesmo mês do ano passado.

De acordo com os últimos indicadores do IEFP, o desemprego afeta 23.752 pessoas, cerca de metade das pessoas que procurava trabalho em outubro de 2013, num dos picos da crise económica que destruiu milhares de postos de trabalho.

Nos concelhos que compõem a região (Amarante, Baião, Castelo de Paiva, Celorico de Basto, Cinfães, Felgueiras, Lousada, Marco de Canaveses, Paços de Ferreira, Paredes, Penafiel e Resende) predominam as pequenas e médias empresas, destacando-se os setores do calçado, têxtil, mobiliário, vinho verde e extração de granito.

De acordo com os dados do IEFP, as mulheres ainda são as mais afetadas pelo desemprego no território, representando mais de 61% do total.

No último ano, o concelho de Paredes foi onde ocorreu uma maior descida no número de pessoas desempregadas, sobretudo homens, em linha com o desempenho de Paços de Ferreira, outro concelho onde predomina o setor do mobiliário.

Ao invés, Castelo de Paiva, no norte do distrito de Aveiro, foi o único concelho do Tâmega e Sousa onde o desemprego cresceu no mesmo período, em contraciclo com o conjunto da região.

 

Situação em Felgueiras está estável no número de desempregados

 

No concelho de Felgueiras, a descida no número de desempregados foi de 46 pessoas, estando atualmente 1.892 pessoas em situação de desemprego.

As mulheres lideram a lista, com 1.064 desempregadas, menos uma que em 2017. O desemprego masculino também baixou em Felgueiras, com menos 46 homens desempregados face a 2017.

 

Calçado Felgueiras

Os dados agora divulgados dão conta de 1.064 pessoas no desemprego há menos de um ano e 828 há um ano e mais.

Em Felgueiras, procuram o primeiro emprego 182 pessoas e 1.710 procuram novo emprego.

Top