Empresário de Felgueiras detido por suspeita burla de milhões de euros

Arménio Ferreira integrava a empresa AMC Invest, que se dedicava à captação de “depósitos” em troca de juros mensais que chegavam aos 10%

Um empresário de Felgueiras foi ontem detido por ser suspeito de burla de milhões de euros a industriais e homens de negócios, adiantou o JN.

Arménio Ferreira integrava a empresa AMC Invest, que se dedicava à captação de “depósitos” em troca de juros mensais que chegavam aos 10%.

O homem foi detido pela Polícia Judiciária de Braga, juntamente com mais dois colaboradores.

A empresa, com sede em Felgueiras, estava ativa desde 2011. Até fevereiro deste este os clientes eram ressarcidos dos respetivos juros, mas desde então que a empresa começou a entrar em incumprimento e os clientes fizeram queixa à polícia judiciária.

Arménio Ferreira e os dois colaboradores são suspeitos de crime de burla, branqueamento de capitais, receção ilícita de depósitos e fraude fiscal.

Segundo o JN entre os clientes da AMC estão vários industriais de calçado de Felgueiras, profissionais do mundo do futebol, empresários e advogados.

Os detidos foram levados para interrogatório no Tribunal Central de Instrução Criminal de Lisboa e dois dos três suspeitos ficaram em prisão preventiva.

O JN adianta ainda que a Polícia Judiciária de Braga efetuou 10 buscas em vários locais do país, tendo detido apenas três suspeitos, mas a investigação vai prosseguir e mais pessoas poderão vir a ser constituídas arguidas.