Felgueiras convida estilistas para refletir sobre o design na indústria de calçado

Felgueiras assinala sábado os 25 anos da sua escola profissional, com estilistas e modelos nacionais que vão refletir sobre o design na afirmação do concelho como o maior produtor e exportador de calçado do país.

“Já que somos lideres no setor, queremos passar do saber fazer, para o saber conceber”, destacou o presidente da Câmara, Inácio Ribeiro.

Em declarações à Lusa, o autarca sublinhou hoje que a evocação dos 25 anos do estabelecimento coincide com o dia em que se realiza mais uma edição da gala de calçado, conhecida como “Descalço”, com a apresentação das novas coleções e desfile das principais marcas exportadoras de Felgueiras.

Inácio Ribeiro sublinhou que faz sentido associar os dois momentos, porque daquela escola saíram nos últimos 25 anos alguns dos melhores técnicos que hoje são importantes, nas empresas locais, ao nível do design e do estilismo das principais marcas exportadoras de Felgueiras.

Por isso, assinalou, foram convidados estilistas e modelos, de renome nacional e internacional, para, no sábado à tarde, às 17:00, na Casa das Artes, refletirem sobre a importância do design no contexto de crescimento que a indústria tem evidenciado.

Os estilistas Anabela Baldaque, Diogo Miranda, Nuno Baltazar são alguns dos principais rostos que participarão no evento intitulado “À conversa com a moda”.

“Será uma conversa que pretende traçar o caminho feito pela moda em Portugal e projetar as tendências para os próximos anos”, explicou o autarca.

A Atividade dirige-se aos industriais, alunos dos cursos de moda e design e investidores na área.

Ao cair da noite, nos jardins da Praça da República, realiza-se mais uma edição da gala anual de estilismo e calçado “Descalço”.

descalço

Os manequins Jonathan Sampaio e Francisca Miguel são dois dos nomes que abrilhantarão a passerelle, que contará ainda com a presença de Andreia Teles, como apresentadora.

Além das coleções das principais empresas do concelho, desfilarão modelos desenvolvidos por alunos da Escola Profissional de Felgueiras.

As empresas de calçado sediadas em Felgueiras representam mais de 60 por cento da exportação nacional de calçado, estando entre as que mais têm crescido, nos últimos anos, nas vendas para o mercado externo e na criação de emprego.

A organização olha para o evento de sábado como “mais um passo para consolidar a imagem de Felgueiras como a capital nacional do calçado”

 

APM.

Lusa/fim