Está em
Início > Destaque > Festival do Pão de Ló de Felgueiras abriu este ano portas a 12 expositores do mundo

Festival do Pão de Ló de Felgueiras abriu este ano portas a 12 expositores do mundo

O Festival do Pão de Ló de Felgueiras, que conta este ano com 44 expositores, abriu as portas a produtores de 12 países do mundo que, até domingo, divulgam iguarias e promovem a doçaria tradicional.

Do Japão à Venezuela, passando pela Índia, França e Polónia, os produtores internacionais aproveitam ainda a estadia em Felgueiras para levar para os seus países o tradicional pão de ló de Margaride.

O certame, que foi hoje oficialmente inaugurado, conta ainda 22 expositores de Vizela, Ovar, Amarante, Alfeizerão, Castelo de Paiva, Santa Maria da Feira, Trofa, Aveiro, Lamego, Santarém, Évora, Cabeceiras de Basto, Barcelos, Arouca, Braga, Arcos de Valdevez, Vila Nova de Famalicão. Os Açores e a Madeira também estão presentes com os seus doces típicos, chás e licores.

 

 

Nos dois dias de certame, a organização prevê a visita de milhares de pessoas, que terão disponível um programa inovador, num festival que decorre este ano na Praça Dr. Machado de Matos.

O evento arrancou com a recriação histórica da “Entrega de mercê de fornecedora da Casa Real a Leonor Rosa da Silva”, seguindo-se um showcooking pelo embaixador do evento, Miguel Gameiro.

Aos jornalistas, Nuno Fonseca, presidente da Câmara de Felgueiras, disse que a deslocação do festival para o centro da cidade “não quer dizer que o evento não volte a Pombeiro. Pombeiro será sempre a casa do festival”.

“Por uma questão de logística trouxemos o festival para este local, mas o certame arrancou ontem, com um concerto no Mosteiro de Pombeiro”, acrescentou.

 

Festival do Pão de Ló de Felgueiras 7

 

Perante centenas de pessoas, que não deixaram de faltar à abertura do certame, o presidente da autarquia enalteceu a internacionalização do festival “com um conjunto de países que vieram abrilhantar a mostra”.

“Acho que é uma afirmação cada vez mais concreta deste festival e que, certamente, estarão cá noutras edições e para nós é motivo de grande regozijo”.

Nuno Fonseca esteve acompanhado pelo executivo municipal, pelo presidente da Assembleia Municipal de Felgueiras, José Campos, e pelo presidente da Entidade de Turismo do Porto e Norte de Portugal, Luís Pedro Martins.

Em declarações aos jornalistas, o Luís Pedro Martins referiu que no festival do pão de ló “é conseguido aliar a cultura, os vinhos e a gastronomia e divulgar o concelho e a região”.

“Precisamos de conteúdos e ter este tipo de eventos deixa-me satisfeito, porque tem conteúdos gastronómicos e históricos”, disse, acrescentando: “Felgueiras contribui este fim de semana para a promoção da região, dado que também decorrem os fins de semana gastronómicos”.

 

Festival do Pão de Ló de Felgueiras 6

 

O evento decorre até domingo, com um programa dedicado, sobretudo, aos mais novos. A manhã será animada com um espetáculo para crianças, o Ruca, entre as 10:15 e as 10;45 e, às 11:00, inicia a conferência subordinada ao tema “A importância do Pão de Ló no contexto da identidade Cultural”.

Durante a tarde, o Ruca voltará ao palco para animar os mais novos, pelas 17:00, e a cerimónia de encerramento ocorrerá às 19:00, no Mosteiro de Santa Maria de Pombeiro, onde se poderá assistir a um inesquecível concerto de órgão, pelo Maestro Rui Fernando Soares.

Top
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com