FUTEBOL: CPP/SÉRIE B | 21ª Jornada (C/ÁUDIO)

O Cinfães regressou à liderança da série B do Campeonato de Portugal Prio (CPP). A equipa duriense, em casa, derrotou o Gondomar, por 3-1, no encontro a contar para a 21ª jornada da competição. Beneficiou ainda do triunfo obtido pelo Amarante no reduto do anterior líder, o Sp. Espinho (1-2).

Em Cinfães, os gondomarenses entraram no jogo praticamente a ganhar. Os locais só reagiram perto do intervalo, através de um golo apontado por Idé Gomes. No início do segundo período, os cinfanenses consumaram a reviravolta através de Idé Gomes (que bisou) e João Caminata.

A conquista dos 3 pontos permitiu ao Cinfães recuperar o 1º posto que havia perdido há duas jornadas atrás.

“Ficamos orgulhosos e satisfeitos por ocupar o 1º lugar, mas temos os pés bem assentes no chão e temos a perfeita noção que este campeonato é muito competitivo. Há poucos pontos a separarem as equipas do topo da tabela. Vamos com humildade e com o nosso trabalho pensar no próximo jogo, no que nós podemos fazer e não no que os outros podem fazer”, refere o treinador Alexandre Ribeiro.

O Cinfães soma 40 pontos. Dispõe de dois pontos de avanço sobre Felgueiras e Sp. Espinho.

Os felgueirenses, em casa, não foram além de uma igualdade (1-1) ante o ‘lanterna-vermelha’ Sousense. Cláudio assinou o golo da formação azul grená.

Os espinhenses perderam (1-2) na receção ao Amarante. Os ‘tigres’ da Costa Verde adiantaram-se no marcador, aos 40’, de grande penalidade. Paul Ayongo, também de penalti, restabeleceu a igualdade. Na segunda metade, aos 74’, Hélder Pedro apontou o golo que permite aos amarantinos entrar na discussão pelo play-off de subida.

Pedro Pinto recusa assumir, nesta altura, uma candidatura a um lugar de acesso à fase de promoção.

“O objetivo é a manutenção, não faltará muito para obtê-la. Após a obtenção desse objetivo, e se tivermos em posição de lutar por algo mais, vamos fazê-lo. Não me parece que o 2º classificado desta série vá ter acesso à fase de subida, portanto, esta é uma corrida para um só. Se tivermos a oportunidade de chegar ao 1º lugar, não vamos abdicar desse desígnio”, confidenciou o treinador do Amarante.

O Amarante instalou-se na 4ª posição do quadro classificativo, com 35 pontos, os mesmos do Gondomar.

Na parte mais baixa da tabela, o Aliança de Gandra complicou as contas da permanência. A equipa agora orientada por Jorge Regadas ‘tropeçou’, intramuros, diante do Pedras Rubras, por 1-3. Jorginho apontou o tento solitário do emblema do concelho de Paredes.

O Gandra está no penúltimo lugar, com 18 pontos, a oito de distância da linha d’água.

O Freamunde também está colocado em área de despromoção, apesar da igualdade obtida (1-1) no reduto do Cesarense. Tiago Leão, na conversão de uma grande penalidade, apontou o golo dos ‘capões’.

O Freamunde é 13º classificado, com 23 pontos. Está a três de distância de um lugar de manutenção.

 

Luís Miguel Nogueira