Está em
Início > Áudio > FUTEBOL: DIVISÃO ELITE AFP/SÉRIE 2: Rescaldo da 10ª Jornada (C/ÁUDIO)

FUTEBOL: DIVISÃO ELITE AFP/SÉRIE 2: Rescaldo da 10ª Jornada (C/ÁUDIO)

União de Paredes e Aliados de Lordelo não se largam no comando da série 2 da Divisão de Elite da Associação de Futebol do Porto (AFP). Os dois emblemas venceram os respetivos jogos fora de portas e continuam embalados na corrida pelo acesso ao play-off de promoção. Ambos somam 27 pontos.

O Paredes corrigiu a derrota caseira, de há uma semana, ante o Tirsense, e foi ao Estádio dos Sonhos bater o Ermesinde, por 0-1.

O Aliados de Lordelo saiu vitorioso (1-2) da deslocação ao reduto do rival e vizinho Rebordosa. Nesta altura, apresenta um registo impressionante de 9 triunfos consecutivos.

Por outro lado, a equipa rebordosense atrasou-se na luta pelos dois primeiros lugares da tabela. A formação orientada por Andrés Madrid ficou a 11 pontos de distância dos líderes da competição.

O treinador espanhol reconhece que a desvantagem para Paredes e Aliados de Lordelo “vai ser difícil de anular”, mas adverte que só decorreu “o primeiro terço do campeonato e ainda faltam 20 jornadas”.

Tal como o Rebordosa, Vila Meã, Barrosas e Tirsense somam 16 pontos e também se atrasaram em relação ao duo da frente.

Os três clubes consentiram igualdades caseiras: os amarantinos (1-1) diante do São Pedro da Cova; os felgueirenses (0-0) frente ao Sobrado; os ‘jesuítas (0-0) ante o Lixa.

Paulo Amor, treinador do Vila Meã, admite que a distância para paredenses e lordelenses “é considerável”, mas sublinha que “ainda há muito campeonato para disputar”, recusando, por isso, “atirar a toalha ao chão”.

O técnico do Barrosas, Tonanha, acredita que “é possível” recuperar os 11 pontos de atraso para a dupla de líderes, embora confessa que a vantagem “dá conforto e permite-lhes gerir as coisas de outra forma”.

O Paços de Ferreira B igualou o Sobrado no 3º posto da tabela, com 17 pontos. O conjunto pacense foi vencer ao terreno do Penafiel B, por 0-2. Os penafidelenses voltaram a cair na zona de descida.

O Nun’Álvares conquistou, em casa, perante o Baião, o triunfo mais expressivo da época (3-0). A equipa de Recarei igualou o adversário na pauta classificativa, com 9 pontos, os mesmos do Vilarinho que, por idêntico resultado, bateu o ‘lanterna-vermelha’ Folgosa da Maia.

 

Luís Miguel Nogueira

Top