FUTEBOL: DIVISÃO ELITE/SÉRIE 2 AFP: Rescaldo da 4ª Jornada (C/ÁUDIO)

 

O União de Paredes isolou-se na liderança da série 2 da Divisão de Elite da Associação de Futebol do Porto (AFP), após ter vencido, por 2-1, na receção ao São Pedro da Cova, no encontro referente à 4ª jornada.

A equipa comandada por Eurico Couto conquistou o quarto triunfo consecutivo e é o único clube da prova que conta por vitórias todos os jogos disputados até ao momento.

O Paços de Ferreira B cedeu, no Prenhô, os primeiros pontos da temporada. A equipa secundária dos castores não foi além de uma igualdade (2-2) na deslocação a Baião.

Os baionenses ao intervalo ganhavam por dois golos de diferença, mas não foram capazes de segurar a vantagem na segunda metade da contenda. O golo do empate do Paços de Ferreira B surgiu nos descontos e quando os locais jogavam reduzidos a 10 unidades.

“É um empate com sabor amargo. Infelizmente mais uma vez acabamos por sofrer um golo nos últimos minutos, à semelhança do que já tinha acontecido em Sobrado. Mas os atletas foram bravos. Foi incrível o esforço deles”, elogiou o treinador do Baião, Filipe Teixeira.

Para o técnico do Paços de Ferreira B o resultado “é justo”. Apesar de ter perdido os primeiros pontos da época, Filipe Anunciação ficou satisfeito com o rendimento da equipa.

“Foi um jogo de sentido único. Na primeira parte, duas desconcentrações nossas originaram dois golos do adversário. Na segunda parte, alteramos um bocadinho a equipa, o adversário não conseguiu chegar à nossa área. Criámos demasiadas oportunidades para que apenas dois golos tivéssemos marcado”, assinala.

O Paços de Ferreira B soma 10 pontos. Tem dois de atraso para o líder Paredes e um de vantagem sobre um duo constituído por Vila Meã e Aliados de Lordelo.

Os vilameanenses ganharam o dérbi regional frente ao Barrosas, por 2-1. O técnico amarantino considera que foi “uma vitória muito difícil contra uma excelente equipa”.

Paulo Amor destacou ainda a reação dos rubro-negros após o polémico desaire da semana passada em Paços de Ferreira.

“O nosso grupo faz-me lembrar o meu grupo da tropa. É um grupo que se sabe juntar, que se sabe reagrupar para se reerguer. Isto é típico dos rangers e eles foram hoje autênticos rangers”, comparou.

O Barrosas ainda não conseguiu pontuar fora de portas. A derrota e, sobretudo, a atuação do árbitro Paulo Sousa Silva irritou o técnico do conjunto do concelho de Felgueiras.

“É uma vergonha as arbitragens neste campeonato. É que não percebem nada disto: zero. A única equipa de arbitragem que eu tive em condições foi em Ermesinde e perdi por 3-0. Eu tive árbitro auxiliares que marcaram foras-de-jogo de lançamentos de linha lateral. Isto é inacreditável. As pessoas da AFP que tenham vergonha na cara e comecem a formar árbitros como deve ser. È uma falta de respeito para o Barrosas e para os meus jogadores e isso eu não posso tolerar mais”, atirou Tonanha.

O Aliados de Lordelo conquistou em Santo Tirso, ante o Tirsense, o terceiro triunfo consecutivo (0-2). A formação comanda por Pedro Barroso resolveu a contenda ainda na primeira metade do encontro.

“É uma vitória extremamente justa. Nos primeiros 20 minutos dominamos o jogo e conseguimos concretizar. A partir daí, de forma consentida, demos a iniciativa ao adversário e fomos para o intervalo a vencer por 2-0. Na segunda parte, o jogo manteve a mesma toada. A qualidade do adversário valoriza muito a nossa vitória”, realça o treinador lordelense.

O Lixa amealhou a segunda vitória consecutiva na receção ao Sobrado (2-0). A turma orientada por Bock subiu ao 5º posto, com sete pontos.

O Rebordosa continua a desiludir. Os comandados de Andrés Madrid perderam em Ermesinde (3-2), num jogo onde até estiveram a vencer por duas vezes. A equipa do concelho de Paredes encontra-se num dececionante 12º lugar.

O Nun’Álvares conquistou a primeira vitória e os primeiros pontos da época. Em Recarei, o coletivo de José António Moreira bateu o Vilarinho, por 1-0.

O Folgosa da Maia também se estreou a ganhar esta temporada. No reduto do Penafiel B, o clube liderado por Pedro Pontes triunfou por 0-1.

Já o conjunto penafidelense, treinado por Hugo Neto, caiu para o último lugar da tabela, com apenas um ponto somado e sem qualquer golo marcado.

 

Luís Miguel Nogueira