Está em
Início > Áudio > FUTEBOL: DIVISÃO ELITE/SÉRIE 2 AFP: Rescaldo da 8ª Jornada (C/ÁUDIO)

FUTEBOL: DIVISÃO ELITE/SÉRIE 2 AFP: Rescaldo da 8ª Jornada (C/ÁUDIO)

 

Demolidor, assim vai o União de Paredes na série 2 da Divisão de Elite da Associação de Futebol do Porto (AFP), com oito vitórias em outros tantos jogos. Desta vez, foi o Penafiel B quem colapsou (0-3) perante o poderio da turma comandada por Eurico Couto.

Ainda assim, o técnico dos rubro-negros considera que a sua equipa “fez uma primeira parte fantástica”.

“Acabamos por sofrer o 0-1 numa situação de inexperiência nossa. Na segunda parte, nos primeiros 15 minutos, entramos a ver o que ia acontecer, sofremos um penalti que deu o 0-3. Depois sofremos uma expulsão, ainda mandamos uma bola ao ferro e sofremos o 0-3”, analisou Hugo Neto.

Eurico Couto reconhece que apesar do resultado expressivo, o Paredes “sentiu bastantes dificuldades” para levar de vencida o Penafiel B, “sobretudo na primeira parte”.

“Mas pelo que fizemos na segunda parte merecemos claramente a vitória”, sublinha o técnico do líder invicto do campeonato.

O Paredes passou a somar 24 pontos e continua a deter três de vantagem sobre o vizinho Aliados de Lordelo que, num jogo polémico, obteve em Barrosas a sétima vitória consecutiva (2-3)

Os lordelenses concretizaram uma remontada, após terem estado a perder por 2-0. O golo do triunfo foi apontado na conversão de uma grande penalidade.

A arbitragem de Pedro Estela foi duramente criticada pelo técnico dos felgueirenses, Tonanha.

“Não foi o Aliados que virou o resultado, foi a equipa de arbitragem. Foi uma vergonha, fomos roubados em casa. Eu hoje lembrei-me do meu pai. O meu pai já há muitos anos que não vai a um campo de futebol, porque diz que não está para alimentar roubos e comedores”, afirmou irritado.

“O árbitro marcou-nos um penalti que deu o 2-3 que é uma vergonha. O Barrosas joga constantemente contra 14. Há que por cobro a isto. Os responsáveis da arbitragem que tenham vergonha na cara. Este campeonato não tem verdade nenhuma”, acrescenta Tonanha.

Pedro Barroso declinou comentar as queixas do treinador adversário, preferindo “valorizar a atitude dos jogadores” do Aliados de Lordelo.

“Com dois grandes golos o Barrosas colocou-se em vantagem, mas a minha equipa teve uma crença enorme e acreditou na reviravolta no marcador. Trabalharam muito para que isso acontecesse. Foi uma vitória extremamente difícil, contra um adversário poderoso, recheado de valores individuais e bem orientado”, realçou o técnico lordelense.

O Rebordosa é 3º classificado. Conquistou em Vilarinho (1-3) a quarta vitória consecutiva da época.

O Vila Meã, que goleou (5-1) na receção ao Folgosa da Maia, é quarto posicionado, seguido pelo Sobrado, que foi ao terreno do vizinho Nun’Álvares vencer por 2-3. Os mesmos números do triunfo caseiro do FC Lixa ante o Paços de Ferreira B.

O Baião conquistou um preciso ponto em Santo Tirso, ante o Tirsense (1-1). O São Pedro da Cova foi ganhar a Ermesinde, por 1-2.

 

Luís Miguel Nogueira

Top