Está em
Início > Áudio > FUTEBOL: DIVISÃO HONRA AFP/SÉRIE 2: Rescaldo da 10ª Jornada (C/ÁUDIO)

FUTEBOL: DIVISÃO HONRA AFP/SÉRIE 2: Rescaldo da 10ª Jornada (C/ÁUDIO)

 

O Gondomar B mantém-se isolado na liderança da série 2 da Divisão de Honra da Associação de Futebol do Porto (AFP). Contudo, na deslocação ao Estádio da Belavista, não foi além de um nulo frente ao Rio de Moinhos.

O empate dos gondomarenses foi aproveitado pelo seu principal perseguidor, o Vila Caiz, que, em casa, “esmagou” o Tirsense B, por 7-1.

“Foi um daqueles jogos que acontecem em todos os campeonatos, em que parece que tudo corre bem a uma equipa e nada corre bem à outra. Fizemos o primeiro golo aos 17’ e esse golo intranquilizou muito a equipa do Tirsense B. Ao intervalo, ganhávamos por 4-1. Na 2ª parte, o Tirsense veio em busca de um resultado melhor, mas ficou muito exposto”, explica o técnico amarantino, Renato Coimbra.

O Vila Caiz encurtou para dois pontos a diferença para o Gondomar B, em vésperas do confronto entre as únicas duas equipas que ainda não conhecem o sabor da derrota, esta época.

O Lousada é o “rei” dos empates. Na estreia do novo treinador, Pedro Vilaça, obteve a sexta igualdade da época (1-1), em Alfena, diante do Alfenense. Os rubro-negros ocupam a 5ª posição, com 15 pontos.

O dérbi regional, entre Citânia de Sanfins e Aparecida, finalizou com o mesmo resultado. Os pacenses permanecem em zona de despromoção, sem qualquer vitória, esta temporada. Os aparecidenses já não perdem há 7 jogos consecutivos. Ocupam o 6º lugar, com 14 pontos.

Em Alpendurada, a formação local, que vinha de 3 derrotas seguidas, regressou aos triunfos. Bateu o Felgueiras B, por 2-0.

João Paulo Teixeira afirma que “foi uma vitória muito importante e justa”.

“Na primeira parte, tivemos mais bola e mais oportunidades de golo. Não me recordo de uma única oportunidade do Felgueiras. A segunda parte já foi um bocadinho ao contrário, visto que ficamos com menos um jogador. Conseguimos os 3 pontos, que era o mais importante”, confessa o técnico alpendoradense.

Para o treinador da formação secundária azul-grená é um desaire que “custa muito” a digerir.

“Penso que não merecíamos esta derrota por aquilo que jogamos, sobretudo na segunda parte, em que encostamos o Alpendorada, quase por completo, no seu meio-campo. Sofremos dois golos mais por erros individuais nossos do que propriamente por mérito do adversário”, afiança Sérgio Gameiro.

O Felgueiras B permanece um lugar acima da linha d’água, com 8 pontos. Já o Alpendorada, com o triunfo obtido, ampliou a vantagem para a zona de despromoção, somando 11 pontos, os mesmos do Águias de Eiriz, que saiu derrotado (2-1) da deslocação a Gens.

Luís Miguel Nogueira

 

Top