Está em
Início > Áudio > FUTEBOL: DIVISÃO HONRA/SÉRIE 2 AFP: Rescaldo da 8ª Jornada (C/ÁUDIO)

FUTEBOL: DIVISÃO HONRA/SÉRIE 2 AFP: Rescaldo da 8ª Jornada (C/ÁUDIO)

 

O Vila Caiz isolou-se no 2º lugar da série 2 da Divisão de Honra da Associação de Futebol do Porto (AFP),após ter vencido, por 2-0, na receção ao Alfenense, no jogo cartaz da 7ª jornada. O clube do concelho de Valongo caiu para a 3ª posição.

A equipa amarantina resolveu a contenda ainda nos minutos iniciais do desafio.

“Entramos muito bem e muito fortes no jogo e fizemos trinta minutos de grande nível. Fizemos dois golos e ainda tivemos mais duas situações. Com o aproximar do intervalo, houve uma reação do Alfenense e o jogo ficou mais equilibrado. Na segunda parte, fomos controlando e acho, que no geral, a vitória do Vila Caiz é justa”, considera Renato Coimbra.

O treinador do Alfenense, acusou o Vila Caiz de ser “uma equipa extremamente viril e agressiva, que teve uma equipa de arbitragem que deixou que o jogo entrasse nesse caminho”.

“O segundo golo foi por volta dos 12 minutos e a partir daí não houve mais jogo, não há mais história. Foi um jogo de uma violência e de uma virilidade atroz, onde, provavelmente, se terá jogado trinta minutos de tempo útil”, garante Rui Cunha.

Com o triunfo sobre o Alfenense, o Vila Caiz passou a somar 20 pontos. Encurtou para apenas dois a diferença para o líder Gondomar B que, no dérbi concelhio, no reduto do ‘lanterna-vermelha’ Ataense, cedeu os primeiros pontos da época, mercê da igualdade a uma bola.

A jornada contou com três dérbis regionais. No Municipal de Alpendorada, a equipa local foi surpreendida pelo Águias de Eiriz (1-2). O emblema de Marco de Canaveses sofreu o primeiro desaire caseiro da temporada.

No Campo da Belavista, Rio de Moinhos e Lousada empataram a uma bola. Os lousadenses adiantaram-se no marcador antes do intervalo. Os penafidelenses chegaram à igualdade na etapa complementar.

O Aparecida – Felgueiras B finalizou com o mesmo resultado (1-1). O emblema do concelho de Lousada marcou no início da segunda parte. A equipa azul grená fez o seu golo em tempo de compensação.

Tiago Moreira lamentou a displicência dos atletas verde e brancos após terem ficado em vantagem no marcador.

“Os meus jogadores não perceberam que estava a defrontar uma grande equipa, desvalorizaram o valor do adversário e, a jogar contra dez, facilitamos bastante. Não fomos aquela equipa que costumamos ser. Aos 95’, quando o árbitro estava com o apito na boca para acabar o jogo, sofremos o golo do empate. É um empate com sabor a derrota”, reconhece o treinador do Aparecida.

Para Sérgio Gameiro, o golo do Felgueiras B ao cair do pano “colocou justiça no resultado”.

“Jogamos particamente todos o jogo com 10 jogadores, devido à expulsão do nosso guarda-redes, mas tivemos uma postura digna, honramos a camisola e respeitamos o adversário. Foi um jogo muito difícil, mas julgo que o empate se ajusta por completo”, afirma o técnico do coletivo felgueirense.

O Citânia de Sanfins continua a atravessar uma crise de resultados. A equipa do concelho de Paços de Ferreira perdeu (0-1) na receção ao Bougadense e está em zona de despromoção, com apenas dois pontos somados.

Outros resultados da jornada:

Nogueirense – 2 Tirsense B – 1

Gens – 0 Valonguense – 0

 

Luís Miguel Nogueira

Top