Está em
Início > Áudio > FUTEBOL: Rescaldo da jornada de fim de semana das equipas da AFP (C/ÁUDIO)

FUTEBOL: Rescaldo da jornada de fim de semana das equipas da AFP (C/ÁUDIO)

 

DIVISÃO ELITE/SÉRIE 2 | 18ª Jornada

O Aliados de Lordelo reforçou a liderança na série 2 da Divisão de Elite da Associação de Futebol do Porto (AFP). A equipa comandada por Pedro Barroso venceu no terreno do ‘lanterna-vermelha’ Penafiel B, por 2-4, e ampliou vantagem sobre o seu mais direto perseguidor.

Os lordelenses dispõem, agora, de 9 pontos de vantagem sobre o Rebordosa, que saiu derrotado (1-0) do confronto com o Tirsense, disputado no Estádio Abel Alves de Figueiredo.

Jogo do Rebordosa

Os ‘jesuítas’ apontaram o golo do triunfo, na conversão de uma grande penalidade, “no último lance da partida”, revela Calica.

“Sabíamos que era um jogo muito importante, para a nossa parte decisivo. Conseguimos encurtar a diferença. Se perdêssemos ficaríamos muito longe do lugar que dá acesso ao play-off de subida. Há muitas equipas que podem disputar esse lugar, mas vamos continuar a acreditar e a trabalhar da mesma forma para ver se é possível chegar ao 2º lugar”, afirma o treinador do Tirsense.

O emblema de Santo Tirso interrompeu uma série de sete vitórias consecutivas do Rebordosa. Andrés Madrid não disfarçou o desalento pelo desaire sofrido ao cair do pano

“É complicado digerir um golo sofrido nos últimos instantes do jogo. Fizemos uma exibição muito adulta. Creio que não permitimos ao Tirsense qualquer oportunidade de golo. Tomamos conta do jogo desde o início. Este era um daqueles jogos que seria definido por detalhes e num lançamento lateral, aos 94’, numa confissão dentro da área, acabou por dar o penalti, que deu a vitória ao Tirsense”, lamentou o técnico rebordosense.

Apesar da derrota, o Rebordosa segurou a 2ª posição da tabela, com 37 pontos. Contudo, deixou “fugir” o Aliados de Lordelo e permitiu a aproximação do Paredes que, em casa, bateu o Sobrado, por 1-0. A turma de Eurico Couto passou a somar 35 pontos.

Na luta pelo 2º posto está ainda o Vila Meã. Os amarantinos alcançaram, na receção ao Paços de Ferreira B, o primeiro triunfo do ano (1-0).

“Foi uma vitória dificílima. Defrontamos uma das melhores equipas desta série, uma equipa fortíssima, mas nós, hoje, com todas as nossas limitações, conseguimos uma vitória feliz e saborosa”, confessa o técnico Paulo Amor.

O Vila Meã soma 31 pontos, os mesmos do Tirsense. O Barrosas aparece logo a seguir, com 29. Os felgueirenses empataram (1-1) em Recarei, diante do Nun’Álvares.

O Lixa obteve, no Estádio Senhor do Amparo, o triunfo mais desnivelado da jornada. A equipa orientada por Bock goleou o aflito Folgosa da Maia (4-1). Os maiatos permanecem em zona de descida, tendo o Penafiel B como companhia.

O Baião está um lugar acima da linha d’água, mas vive um momento delicado da temporada. No Prenhô, os baionenses claudicaram perante o São Pedro da Cova (2-4)

O treinador Vitor Pereira assumiu a responsabilidade pelo quinto desaire consecutivo.

“Quem falhou foi o técnico que não encontrou a estratégia correta e, por isso, o adversário venceu. Nós não tivemos tão bem como devíamos estar. Temos de continuar a trabalhar. É a única forma para alterar esta situação”, sustenta.

Da jornada, nota ainda para a vitória do Vilarinho (1-3) em Ermesinde.

 

DIVISÃO HONRA/SÉRIE 2 | 18ª Jornada

O Vila Caiz permanece no comando da série 2 da Divisão de Honra da Associação de Futebol do Porto (AFP).

No entanto, com o nulo registado em Gens, a equipa amarantina foi apanhada no topo da tabela pelo Gondomar B, que ganhou, em Paços de Ferreira, ao Águias de Eiriz, por 0-1.

Renato Coimbra, técnico dos auri-negros, considera que o duelo com o Gens foi “um jogo competitivo, um bom jogo de campeonato” e que a igualdade no marcador “reflete aquilo que se passou” ao longo dos noventa minutos.

No único dérbi regional da ronda, o Lousada foi a Alpendurada golear por 0-4.

O treinador dos marcuenses considera que o resultado “é muito pesado” e lamentou “um golo limpo” invalidado à sua equipa, aos 15’, que teria dado outro rumo à partida.

“Não houve justificação para o árbitro anular o golo. Não conseguimos entender e ele também não soube explicar. Foi um erro que nos prejudicou e que nos condicionou para o resto do jogo”, garante João Paulo Teixeira.

Com a vitória em Alpendurada, o emblema rubro-negro manteve o 5º posto, com 28 pontos, os mesmos do Rio de Moinhos, que saiu vitorioso (0-1) da deslocação ao reduto do ‘lanterna-vermelha’ Ataense.

O Alpendurada baixou ao 10º lugar, com 24 pontos, tendo sido ultrapassado pelo Aparecida, que triunfou (1-0) na receção ao Tirsense B.

O Felgueiras B já não vence há 5 jornadas consecutivas. Foi derrotado pelo Nogueirense (2-1) na visita a Nogueira da Maia.

O Citânia de Sanfins claudicou intramuros (1-2) ante o Alfenense e permanece em zona de descida, a dois pontos de distância do vizinho Águias de Eiriz, primeiro clube colocado acima da linha de salvação.

 

1ª DIVISÃO/SÉRIE 2 | 17ª Jornada

O Marco-09 reforçou a liderança na série 2 da 1ª Divisão da Associação de Futebol do Porto (AFP).

A equipa encarnada foi ganhar, com dois golos sem resposta, ao reduto do Lousada B e aproveitou ainda as “escorregadelas” de alguns dos seus adversários na luta pela subida á Honra.

No jogo disputado no passado sábado, José Oliveira estreou três dos quatro reforços do clube.

O treinador marcuense concedeu a titularidade ao guarda-redes Rui Queirós (ex-Vila Real), ao defesa-central Fábio Gaido (ex-Canedo) e ao médio Tiago Sousa (ex-Nevogilde). Apenas Rui Vieira (ex-Alpendurada) não foi chamado para a partida com os rubro-negros.

“Foi o momento que a equipa técnica considerou ideal para a estreia e, felizmente, correu tudo bem”, afirma José Oliveira que, ainda assim, preferiu destacar a exibição do coletivo, que possibilitou a conquista dos 3 pontos em Lousada.

O Marco-09 soma 42 pontos. Dispõe de 9 pontos de vantagem sobre o vizinho Desportivo da Livração, 2º classificado, que consentiu uma igualdade caseira (3-3) ante o São Lourenço do Douro, no dérbi de Marco de Canaveses.

O Caíde de Rei subiu ao 3º posto, por troca com o Parada. A turma do concelho de Lousada venceu, por 1-0, na receção ao Frazão. Os paredenses não foram além de um empate (2-2) em Lagares.

Apesar do triunfo, Totta abandonou o comando do Caíde de Rei. Foi substituído por Tó Jó, jovem treinador, de apenas 26 anos, que até aqui integrava a equipa técnica do Lixa.

Tó Jó é o novo treinador do Caíde de Rei
Tó Jó é o novo treinador do Caíde de Rei

Tó Jó, que terá a primeira experiência como treinador principal de uma equipa sénior, assume que chega ao clube lousadense com a ambição de “lutar pela subida de divisão”.

Nevogilde e Salvadorense permanecem em lugares de descida, apesar dos empates diante de Sobrosa (1-1) e Torrados (0-0), respetivamente.

O Várzea – Lamoso também finalizou com a divisão de pontos (2-2). O Raimonda claudicou, em casa, perante o Roriz (2-4).

 

2ª DIVISÃO/SÉRIE 1 | 15ª Jornada

Inter de Milheirós e Baltar ficaram ainda mais isolados no topo da tabela da série 1 da 2ª Divisão da Associação de Futebol do Porto (AFP).

Maiatos e paredenses venceram os respetivos desafios fora de portas e aproveitaram o ‘tropeção’ do principal perseguidor, o Ramaldense, na deslocação ao reduto do Aliados de Lordelo B, por 4-1.

O Inter de Milheiros ganhou em Gervide, por 1-3. O Baltar venceu no terreno do Sporting da Cruz, por 0-3.

O Ferreira, 4º classificado, obteve o resultado mais expressivo da ronda. Em casa, a formação pacense ‘cilindrou’ os paredenses do Vandoma, por 7-2.

O dérbi do concelho de Paredes, entre Aliança de Gandra B e Nun’Álvares B, fechou com uma igualdade a três bolas.

O Sobreirense saiu derrotado (2-1) da visita a Monte Córdova. O Leões de Seroa conquistou a segunda vitória da época, na receção à Escola de Futebol 115 (3-1).

 

2ª DIVISÃO/SÉRIE 2 | 15ª Jornada

Tudo igual na frente da pauta classificativa da série 2 da 2ª Divisão da Associação de Futebol do Porto (AFP).

Macieira e Penamaior, que ocupam os dois lugares de subida, não vacilaram, venceram os respetivos jogos, e até ampliaram a vantagem para alguns concorrentes.

O conjunto de Lousada recebeu e bateu o Vila Boa de Quires, por 2-1. Pelo mesmo ‘score’, o emblema de Paços de Ferreira ganhou o dérbi concelhio, em Codessos.

O Macieira soma 35 pontos. O Penamaior, 34. Lustosa e Lixa B, com 30 pontos, partilham a 3ª posição.

Os lousadenses foram a Carvalhosa bater a turma local, por 2-3. Os lixenses não foram além de um nulo no dérbi do concelho de Felgueiras, ante o Airães.

O Varziela foi vencer a Calçada, por 1-2. Pelo mesmo resultado, registaram-se triunfos caseiros do Lagoas sobre o 1º Maio Figueiró e do Paços de Gaiolo ante o Baião B.

O Lomba Amarante goleou o ‘lanterna-vermelha’ Croca, por 4-1. O embate entre Vila Boa do Bispo e São Vicente Pinheiro finalizou com uma igualdade a dois golos.

 

Luís Miguel Nogueira

Top
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com