Está em
Início > Áudio > FUTEBOL: Rescaldo dos jogos de fim de semana da AFP (C/ÁUDIO)

FUTEBOL: Rescaldo dos jogos de fim de semana da AFP (C/ÁUDIO)

DIVISÃO ELITE/SÉRIE 2 | 20ª Jornada

Decorreu sem surpresas a 20ª jornada da série 2 da Divisão de Elite da Associação de Futebol do Porto (AFP). Os principais candidatos ao apuramento para o play-off de subida venceram os respetivos desafios. As equipas do fundo da tabela claudicaram e continuam aflitas.

O líder Aliados de Lordelo regressou aos triunfos, ainda que pela margem mínima (0-1), na deslocação a Ermesinde. A equipa comandada por Pedro Barroso passou a somar 49 pontos.

Aliados Lordelo regressou às vitórias e mantém-se firma na liderança
Aliados Lordelo regressou às vitórias e mantém-se firma na liderança

O Paredes, 2º classificado, está a oito pontos de distância dos lordelenses. A turma de Eurico Couto, pelo mesmo resultado, ganhou na receção ao Baião.

O Rebordosa manteve o 3º posto da tabela, após ter vencido o dérbi do concelho de Paredes, frente ao Nun’Álvares, por 0-3.

José António Moreira reconhece que o resultado “traduz a superioridade do Rebordosa no jogo de Recarei”.

“Tínhamos expetativas elevadas para esta tipologia de jogo, todavia, foram bastante hipotecadas logo nos primeiros dez minutos de jogo pelo facto de termos sofrido dois golos muito cedo. Isso contrariou, em muito, as nossas possibilidades e a nossa estratégia”, lamenta o técnico do Nun’Álvares.

O Rebordosa pode recuperar o segundo lugar na classificação na próxima semana, se vencer o Ermesinde, em casa, no jogo em atraso da 19ª jornada. Se tal se verificar, a equipa de Andrés Madrid ultrapassa o Paredes e regressará a um lugar de acesso à fase de promoção.

“Só dependemos de nós e enquanto tivermos responsabilidade e cumprirmos os objetivos que temos para cada jogo o resto não vai ter hipótese. Se entramos no jogo com dedicação e intensidade não vamos ter grandes problemas. Espera-nos um jogo difícil”, antevê o técnico Rebordosense.

O Tirsense continua a realizar um “sprint” final na tentativa de ainda chegar ao 2º lugar da tabela. O conjunto orientado por Calica conquistou, em casa, perante o ‘lanterna-vermelha’ Folgosa da Maia, a quinta vitória consecutiva. Os ‘jesuítas’ estão no 4º lugar, a três pontos do Rebordosa e a quatro do Paredes.

O Barrosas venceu, por 3-1, na receção ao Paços de Ferreira B. A formação comandada por Tonanha arrecadou o segundo triunfo consecutivo. Nos últimos quatro desafios consentiu apenas um empate.

“Foi uma excelente vitória, contra um forte adversário, com muita qualidade, quer individual, quer coletiva. Mas há que dizer que, nos primeiros 15 minutos, tivemos a estrelinha que em alguns jogos não temos tido. Foi melhor o resultado do que a exibição”, reconheceu o treinador do emblema felgueirense.

O Barrosas está instalado no 5º lugar, 35 pontos. O Vila Meã aparece logo a seguir, com 32. Os amarantinos, em casa, não foram além de uma igualdade (2-2) diante do Vilarinho.

No Senhor do Amparo, o Lixa bateu o São Pedro da Cova, por 2-0. Os lixenses ascenderam ao 9º posto, com 25 pontos.

Na zona de descida permanecem Penafiel B e Folgosa da Maia. Os rubros negros claudicaram intramuros perante o Sobrado (0-1). O golo da equipa de Valongo surgiu no último minuto do desafio.

Os penafidelenses somam 13 pontos, os mesmos do Baião, primeira equipa acima da linha d’água. O último lugar está entregue aos maiatos.

 

DIVISÃO HONRA/SÉRIE 2 | 20ª Jornada

Vila Caiz e Gondomar B ficaram mais perto de assegurar os dois primeiros lugares da classificação. As duas equipas venceram os respetivos desafios fora de portas e aproveitaram os deslizes dos principais perseguidores.

Vila Caiz conquistou em Nogueira da Maia a primeira vitória forasteira de 2018
Vila Caiz conquistou em Nogueira da Maia a primeira vitória forasteira de 2018

A formação amarantina ganhou em Nogueira da Maia, ao Nogueirense, por 0-2. O técnico Renato Coimbra ficou agradado com o resultado e com a exibição.

“Foi uma vitória muito boa porque foi contra uma equipa muito forte. Fomos uns vencedores justos. Fizemos um golo aos 2/3 minutos da primeira parte, que nos deixou numa situação mais confortável no jogo. A meio da segunda parte fizemos o 0-2. Foi uma vitória da atitude, da raça, do querer e da demonstração do nosso valor. Os jogadores do Vila Caiz fizeram um jogo à imagem daquilo que eu quero que seja esta equipa”, elogiou o treinador auri-negro.

O Vila Caiz soma 47 pontos, três de vantagem sobre o Gondomar B, que pode encostar na frente em caso de triunfo sobre o Aparecida, no jogo em atraso da 19ª jornada, agendado para o próximo domingo.

Os amarantinos e os gondomarenses ampliaram vantagem sobre os mais diretos perseguidores. O Bougadense foi derrotado em Eiriz (3-1), o Lousada empatou em Gens (1-1) e o Alfenense perdeu no reduto do ‘lanterna-vermelha’ Ataense (1-0).

Nesta ronda, o Gondomar B ganhou em Alpendorada, por 1-2. “Uma vitória muito importante, contra um adversário forte”, admitiu o técnico Américo Soares.

“Entramos bem no jogo, mas deslumbramo-nos um bocadinho e sofremos um golo que não é normal nós sofrer. A partir daí tivemos mais dificuldades, mas penso que, com o desenrolar do jogo, acabamos por ser uns justos vencedores. Se o empate surgisse podia-se aceitar”, confessou.

Jorge Abreu estreou-se no comando técnico do Alpendurada. Reconheceu que “no volume de jogo o Gondomar B foi superior” ao emblema de Marco de Canaveses.

O novo timoneiro dos azuis e brancos extraiu da partida aspetos que terão de ser corrigidos no futuro.

“Este foi o melhor dos adversários para um primeiro jogo, porque veio pôr a nu todas aquelas nossas incapacidades. Não são incompetências, neste momento são incapacidades. À equipa falta alguma capacidade física, alguma resistência, alguma velocidade, alguma intensidade”, sublinha.

O Alpendurada sofreu a quarta derrota consecutiva e baixou ao 11º lugar, com 24 pontos.

Pelo mesmo resultado (1-2), Rio de Moinhos e Aparecida também soçobraram em casa, diante de Felgueiras B e Valonguense, respetivamente. Os penafidelenses permanecem no 6º lugar, com 29 pontos. Os felgueirenses ocupam o 12º posto, com 23 pontos. Os lousadenses estão na 10ª posição, com 26.

Citânia de Sanfins continua em zona de descida. É a primeira equipa abaixo da linha d’água. Em casa, derrotou o Tirsense B com três golos sem resposta.

 

1ª DIVISÃO/SÉRIE 2 | 19ª Jornada

Marco-09 e Desportivo da Livração ficaram ainda mais isolados no topo da tabela da série 2 da 1ª Divisão da Associação de Futebol do Porto (AFP). Os dois emblemas marcoenses saíram vitoriosos dos respetivos desafios e aproveitaram as ‘escorregadelas’ de outros candidatos à promoção.

O Marco ganhou em Salvador do Monte ao ‘lanterna-vermelha’ Salvadorense, por 0-2. A equipa encarnada chegou aos golos do triunfo numa fase em que jogava em inferioridade numérica, reduzida a 10 unidades.

Rui Matos contestou o trabalho da equipa de arbitragem. O treinador amarantino aponta três erros graves que, considera, tiveram influência no resultado.

“Ao terminar a primeira parte há uma grande penalidade sobre o meu jogador que só o árbitro não quis ver. Perto dos noventa minutos acontece outro lance para grande penalidade a favor do Salvadorense, em que o jogador do Marco faz um corte com a mão. Aos 92’, o Marco faz o segundo golo precedido de fora de jogo”, enumera Rui Matos.

Na resposta, José Oliveira diz que também tem razões de queixa da arbitragem, nomeadamente um “golo limpo anulado” ao Marco-09. Questiona ainda as críticas de Rui Matos, tendo em conta que o treinador do Salvadorense se encontrava a assistir ao jogo a partir da bancada, local inadequado para analisar com rigor os lances polémicos.

“O Rui Matos está na bancada dos sócios do Salvadorense. O nosso segundo golo é no enfiamento do nosso banco de suplentes. O colega está na posição oposta, portanto, não acredito que tivesse ali visibilidade para dizer que o nosso segundo golo é fora de jogo”, atira.

O Marco-09 amealhou a terceira vitória consecutiva. Está isolado na liderança com 48 pontos. O Livração também está em zona de subida. Em casa, derrotou o Lagares, por 3-0.

Os dois emblemas de Marco de Canaveses ampliaram vantagem sobre a concorrência. O Parada e Caide de Rei perderam dentro de portas, frente a Roriz (0-2) e Torrados (1-3), respetivamente. Os felgueirenses encurtaram para apenas um ponto a desvantagem para o 3º posto.

São Lourenço do Douro e Sobrosa também venceram em terreno alheio, ambos por 1-3. Os marcuenses em Várzea; os paredenses em Raimonda.

O Lamoso, em casa, bateu o Frazão, por 1-0, no dérbi do concelho de Paços de Ferreira. O dérbi lousadense, entre Lousada B e Nevogilde finalizou com uma igualdade a uma bola.

O ponto conquistado possibilitou ao Nevogilde abandonar a zona de descida, por troca com o Raimonda.

 

2ª DIVISÃO/SÉRIE 2 | 17ª Jornada

A primeira volta da série 2 da 2ª Divisão da Associação de Futebol do Porto (AFP) terminou com um novo líder.

O Penamaior assumiu o primeiro posto da tabela após vencer no terreno do Lomba Amarante, por 2-4. Beneficiou ainda do tropeção caseiro do anterior comandante, o Macieira, perante o Baião B (1-3).

Penamaior é o novo líder da 2ª Divisão-Série 2
Penamaior é o novo líder da 2ª Divisão-Série 2

A equipa de António Babo corre ainda o risco de perder o 2º lugar, se o vizinho Lustosa ganhar o jogo em atraso da 11ª jornada, frente ao Calçada. Este domingo, o conjunto lousadense foi a Marco de Canaveses bater o Paços de Gaiolo, por 1-2.

O Lixa B, que também está na corrida pela subida de divisão, “despachou” o ‘lanterna-vermelha’ Croca com quatro golos sem resposta.

São Vicente Pinheiro e Varziela também lograram triunfos robustos nesta ronda. Os penafidelenses, em casa, golearam o 1º Maio Figueiró, por 5-0. Os felgueirenses foram ganhar a Carvalhosa, por 1-4.

O Airães venceu em Lagoas, por 0-2. O Codessos, pelo mesmo resultado, ganhou na receção ao Calçada.

O único empate da jornada verificou-se no dérbi de Marco de Canaveses entre Vila Boa do Bispo e Vila Boa de Quires (2-2).

 

Luís Miguel Nogueira

Top