Está em
Início > Áudio > FUTEBOL: Rescaldo dos jogos de fim de semana da AFP (C/ÁUDIO)

FUTEBOL: Rescaldo dos jogos de fim de semana da AFP (C/ÁUDIO)

 

DIVISÃO ELITE/SÉRIE 2 | 19ª Jornada

A derrota caseira do líder Aliados de Lordelo perante o Tirsense, por 1-2, é a nota de maior destaque da 19ª jornada da série 2 da Divisão de Elite da Associação de Futebol do Porto (AFP).

Os comandos de Pedro Barroso sofreram o terceiro desaire da temporada, enquanto os ‘jesuítas’ deram sequência aos bons resultados que têm vindo a alcançar em 2018. A equipa orientada por Calica registou a quarta vitória consecutiva e atravessa a melhor fase da temporada.

“Foi uma excelente vitória diante de uma excelente equipa. O jogo foi muito disputado. Na minha opinião o Aliados entrou melhor nos primeiros 20 minutos. Conseguiu chegar ao golo com todo o mérito. A partir daí retificamos, melhoramos, e assumimos o jogo. Chegamos ao empate ainda na 1ª parte. Na segunda parte, o Tirsense esteve por cima na primeira meia hora e chegamos ao golo. Depois o Aliados reagiu, criou-nos dificuldades, mas soubemos sofrer e penso que, por aquilo que fizemos, a vitória é inteiramente justa”, refere o técnico do emblema de Santo Tirso.

Apesar da derrota, o Aliados de Lordelo permanece isolado no topo da tabela. Dispõe de 8 pontos de vantagem sobre o Paredes, que foi a ganhar a São Pedro da Cova (0-1), e ascendeu provisoriamente ao 2º lugar.

O Rebordosa é agora terceiro posicionado. A turma orientada por Andrés Madrid não jogou este domingo. O duelo caseiro com o Ermesinde foi adiado para 11 de fevereiro. Na mesma data vai realizar-se o embate entre Paços de Ferreira B e Baião.

O Tirsense subiu ao 4º posto. Soma 34 pontos, mas dois do que Barrosas e mais três do que Vila Meã. Felgueirenses e amarantinos mediram forças e o triunfo sorriu à equipa comandada por Tonanha (1-0).

O treinador do Barrosas considera que a vitória da sua equipa “é mais do que justa”.

“Na primeira parte tivemos superioridade a todos os níveis. Não me recordo do Vila Meã ter ido à nossa baliza. Controlamos o jogo, tivemos 3 ou 4 oportunidades e fizemos um golo. O resultado ao intervalo era lisonjeiro para o Vila Meã. Na 2ª parte, o Vila Meã equilibrou, mas tivemos sempre o jogo controlado. A nossa vitória não deixa qualquer tipo de dúvida”, garante Tonanha.

Paulo Amor, treinador dos amarantinos, discordou da análise de Tonanha: “o Barrosas foi a melhor equipa. Teve 95 oportunidades de golos e só marcou uma”, ironizou.

“O Barrosas, na primeira, teve o domínio que o Vila Meã lhe deu. Teve duas oportunidades de golo, uma em que o Vasco Viana faz uma defesa fantástica e outra em que faz um golaço. E é o golo que define o desafio. Depois, na segunda parte, o Barrosas levou com o Vila Meã”, defende Paulo Amor.

O Penafiel B cedeu a ‘lanterna-vermelha’ ao Folgosa da Maia. A equipa rubro-negra ganhou (1-2) no terreno de um adversário direto na luta pela manutenção e igualou ainda o Baião na pauta classificativa, com 13 pontos. O clube penafidelense interrompeu um ciclo de sete derrotas consecutivas.

O Nun’Álvares empatou (2-2) em Vilarinho. O clube de Recarei esteve a vencer por 0-2, mas foi incapaz de guardar a vantagem até final. O coletivo orientado por José António Moreira somou o quarto empate consecutivo.

O duelo entre Sobrado e Lixa também finalizou com uma igualdade (2-2).

 

DIVISÃO HONRA/SÉRIE 2 | 19ª Jornada

O Vila Caiz voltou a isolar-se, ainda que provisoriamente, na liderança da série 2 da Divisão de Honra da Associação de Futebol do Porto (AFP).

O emblema amarantino recebeu e bateu o ‘lanterna-vermelha’ Ataense, por 1-0 e aproveitou também o facto do Gondomar B não ter entrado em campo este domingo. O jogo, em casa, diante do Aparecida, foi adiado para 11 de fevereiro.

Renato Coimbra considera que “foi uma vitória justa do Vila Caiz, porque foi a única equipa que teve oportunidades para fazer golo”. Ainda assim, o técnico auri-negro reconhece que não ficou satisfeito com a exibição protagonizada diante do último classificado.

“Fizemos uma primeira parte fraca. A segunda parte foi ligeiramente melhor, mas não deixou de ser medíocre”, confessa.

O Vila Caiz atingiu os 44 pontos. Dispõe de mais 3 do que o Gondomar B (menos um jogo). A vantagem para o 3º posicionado, o Bougadense, é de 11 pontos. A formação da Trofa atrasou-se na luta por um lugar no play-off de promoção ao perder no terreno do Felgueiras B, por 3-0.

O Lousada está em ascensão na tabela. Já é 4º classificado. Ganhou, em casa, ao Citânia de Sanfins, por 2-1. Ultrapassou o Alfenense que, intramuros, foi surpreendido pelo Gens (0-1). O conjunto pacense, por sua vez, permanece em zona de descida.

O Rio de Moinhos não foi além de uma igualdade a uma bola na receção ao Nogueirense.

O Alpendurada perdeu em Santo Tirso, diante do Tirsense B, por 1-0. O emblema de Marco de Canaveses, que ainda não encontrou sucessor de João Paulo Teixeira para o cargo de treinador principal, sofreu a terceira derrota consecutiva.

O Águias de Eiriz foi goleado (5-1), em Valongo, pelo Valonguense.

 

1ª DIVISÃO/SÉRIE 2 | 18ª Jornada

O Marco-09 soma e segue. A equipa encarnada, em casa, goleou o Raimonda, por 5-1, e mantém-se confortavelmente instalada na liderança da série 2 da 1ª Divisão da Associação de Futebol do Porto (AFP).

O técnico José Oliveira considera que o Marco-09 “mereceu o resultado, cujos números são esclarecedores”.

“O adversário foi brioso, esteve a ganhar, mostrou argumentos para poder discutir o jogo, mas apanhou o Marco com muito rigor, critério e afirmativo. O Marco em quase todos os momentos e decisões do jogo esteve sempre com muita serenidade e isso ajudou-nos a construir um resultado volumoso”, explica.

Jorge Carneiro, treinador do Raimonda, diz que “a derrota é pesada e que não estava nas previsões”.

“Há uma diferença muito grande de uma equipa para a outra. As armas são diferentes. O Marco é uma equipa muito boa e joga para subir, mas acho que não jogou futebol para dar cinco ao Raimonda”, afirma.

O Marco-09 passou a somar 45 pontos. Manteve os 9 pontos de distância para o 2º classificado, o vizinho Desportivo da Livração, que foi triunfar a Frazão, por 0-1.

O 3º posto é partilhado por Parada e Caíde de Rei. Os paredenses saíram vitoriosos (0-1) da deslocação a Torrados. Os lousadenses empataram (1-1) em Lagares, na estreia do novo técnico, Tó Jó.

Sobrosa e São Lourenço do Douro foram surpreendidos intramuros. O emblema do concelho de Paredes saiu derrotado do confronto com o Lousada B (1-3). O clube de Marco de Canaveses claudicou perante o Lamoso (0-2).

O Salvadorense continua a segurar a ‘lanterna-vermelha’ da prova. Os amarantinos soçobraram em Roriz (2-1).

O Nevogilde permanece em zona de despromoção, não tendo conseguido melhor do que um empate (1-1) na receção ao Várzea.

 

2ª DIVISÃO/SÉRIE 1 | 16ª Jornada

O Inter de Milheirós está ainda mais isolado no topo da classificação da série 1 da 2ª Divisão da Associação de Futebol do Porto (AFP).

Os maiatos, em casa, derrotaram o Sp. Cruz, por 3-0. Ampliaram para 3 pontos a diferença para o mais direto concorrente na tabela. O Baltar não foi além de uma igualdade (1-1) na receção ao Aliados de Lordelo B, no dérbi do concelho de Paredes.

Os baltarenses viram ainda o Ramaldense aproximar-se. A equipa da cidade do Porto ganhou, em casa, ao Bougadense B, por 3-1.

O Ferreira continua firme no 4º lugar, após a vitória de 0-3 no terreno do Zebreirense.

O dérbi da região, entre Vandoma e os Leões de Seroa, finalizou com um empate a uma bola. O Sobreirense, intramuros, registou um nulo perante o Gervide. O Nun’Álvares B sucumbiu, em casa, diante do Marechal Gomes da Costa (0-2). O Aliança de Gandra B foi ganhar (1-3) ao reduto da Escola de Futebol 115.

 

2ª DIVISÃO/SÉRIE 2 | 16ª Jornada

Não se registaram alterações significativas no topo da tabela da série 2 da 2ª Divisão da Associação de Futebol do Porto (AFP). Entre os principais candidatos à subida de divisão, apenas o Lixa B baqueou. Os azuis e brancos saíram derrotados (2-0) da visita ao Prenhô, frente o Baião B.

O líder Macieira ganhou em Airães, por 1-2. Soma 38 pontos, mais um do que o Penamaior que triunfou, por idêntico resultado, no dérbi do concelho de Paços de Ferreira, ante o Carvalhosa.

O Lustosa, 3º classificado, venceu na receção ao Lomba Amarante, por 5-3.

Vila Boa do Bispo, Paços de Gaiolo e Codessos saíram vitoriosos das deslocações aos terrenos do 1º Maio Figueiró (1-3), Croca (1-2) e Varziela (2-3), respetivamente.

O Calçada impôs-se em casa ao São Vicente Pinheiro, por 3-2, no dérbi do concelho de Penafiel.

O duelo entre Vila Boa de Quires e Lagoas fechou com um empate a dois golos.

 

Luís Miguel Nogueira

 

Top
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com