Está em
Início > Áudio > FUTEBOL: Rescaldo dos jogos de fim de semana da Associação de Futebol do Porto (C/ÁUDIO)

FUTEBOL: Rescaldo dos jogos de fim de semana da Associação de Futebol do Porto (C/ÁUDIO)

DIVISÃO ELITE/SÉRIE 2 | Rescaldo da 13ª Jornada

O Aliados de Lordelo não conseguiu dar sequência ao ciclo de 11 vitórias consecutivas. A equipa orientada por Pedro Barroso empatou (2-2) na deslocação a Sobrado, no encontro referente à 13ª jornada da Divisão de Elite/Série 2 da Associação de Futebol do Porto (AFP).

Sobrado interrompe série de 11 vitórias do Aliados de Lordelo
Sobrado interrompe série de 11 vitórias do Aliados de Lordelo

Ainda assim, o conjunto lordelense permanece isolado no topo da tabela, com 5 pontos de vantagem sobre o 2º classificado, o Paredes, que cedeu uma igualdade caseira (1-1) diante do Barrosas.

Eurico Couto confessa que o resultado “aceita-se”, mas assegura que os paredenses “foram sempre superiores” ao longo do desafio.

“A primeira parte foi toda do Paredes, com duas ou três situações para poder fazer golo. Acabamos por sofrer o golo no último lance da primeira parte, num lance irregular”; assinala.

Para o treinador do Barrosas, o Paredes foi superior, mas apenas nos “primeiros 15 minutos” do encontro.

“Foi um jogo muito equilibrado, sem grande nota artística, mas muito interessante em termos táticos. O Paredes entrou melhor, até aos 15 minutos. Entretanto, equilibramos e fomos superiores durante a maior parte do tempo de jogo”, assegura Tonanha.

O Rebordosa continua firme no terceiro posto. O coletivo orientado por Andrés Madrid venceu em São Pedro Cova (1-2). Aproveitou os empates de Aliados e Paredes para se aproximar da zona de acesso ao play-off de promoção.

O Vila Meã isolou-se no quarto lugar. No Estádio Senhor do Amparo derrotou o Lixa (0-1).

O treinador lixense, Bock, lamentou o erro defensivo que possibilitou aos amarantinos apontar o golo do triunfo.

“Viramos as costas à bola na marcação de um livre no meio-campo. Depois o Vila Meã fechou os caminhos todos. Tentamos chegar ao golo do empate, não foi permitido. Averbamos mais uma derrota, mas com o sentimento de dever cumprido”, sublinha.

O treinador dos amarantinos, Paulo Amor, assegura que a vitória da sua equipa é merecida.

“Penso que o Vila Meã foi mais equipa durante os noventa minutos. Criou mais situações de golo. Penso que a vitória é justa, num campo difícil, contra uma equipa que na segunda parte esticou muito o jogo e nos criou algumas situações complicadas, que conseguimos resolver”, explica.

O Nun’Álvares também ganhou fora de portas, no reduto do Penafiel B, por 1-2. O coletivo de Recarei está há 4 jogos a pontuar e atravessa a melhor fase da época.

Os penafidelenses permanecem submersos na zona de descida, de onde se afastou o Baião que, em casa, derrotou o Vilarinho, por 1-0. O novo técnico baionense, Vítor Pereira, estreou-se com o “pé direito”.

“Claramente fomos superiores durante o jogo. Marcamos um golo, mandamos duas ou três bolas ao ferro e tivemos outras tantas situações claras de golo”, assinala.

Em Paços de Ferreira, a equipa B dos ‘castores’ derrotou o ‘lanterna-vermelha’ Folgosa da Maia, por 3-1.

Em Santo Tirso, registou-se um nulo no duelo entre Tirsense e Ermesinde.

 

 

DIVISÃO HONRA/SÉRIE 2 | Rescaldo da 13ª Jornada

O Vila Caiz assumiu o comando da série 2 da Divisão de Honra da Associação de Futebol do Porto (AFP). O conjunto auri-negro foi ao concelho da Trofa bater o Bougadense, por 1-3, e tirou ainda proveito da derrota caseira do anterior líder, o Gondomar B, ante o Lousada (4-5).

Vila Caiz chega à liderança da Divisão Honra AFP
Vila Caiz chega à liderança da Divisão Honra AFP

Os gondomarenses sofreram o primeiro desaire da temporada. O Vila Caiz é agora o único clube invicto na competição, com 13 jornadas decorridas.

Em Bougado, o emblema amarantino esteve a perder por 1-0, mas “nunca se intranquilizou”, conseguiu dar a volta ainda na primeira parte e fixou o resultado no início da segunda metade do encontro.

“Acho que é uma vitória muito justa do Vila Caiz, que poderia ser por números mais exagerados, mas acho que o resultado traduz perfeitamente aquilo que se passou no jogo”, afirma o técnico Renato Coimbra.

O Vila Caiz soma 31 pontos. Dispõe de um ponto de vantagem sobre o Gondomar B e nove sobre Bougadense e Alfenense. A equipa de Alfena empatou (1-1) no terreno do Valonguense, no dérbi do concelho de Valongo.

O Lousada ascendeu ao 5º lugar. Ultrapassou o Aparecida, que foi surpreendido, em casa, pelo Nogueirense (0-2).

No único dérbi regional da ronda, o Rio de Moinhos triunfou no reduto do Águias de Eiriz, por 2-3.

O Alpendurada venceu, por 3-1, na receção ao aflito Ataense. O Citânia de Sanfins continua sem ganhar, esta época. Intramuros, empatou a uma bola ante o Gens.

O Felgueiras B recebeu e bateu o Tirsense B, por 2-1.

 

1ª DIVISÃO/SÉRIE 2 | Rescaldo da 12ª Jornada

O Torrados deslocou-se a Marco de Canaveses e impôs ao Marco-09 a primeira derrota caseira da temporada (1-2).

Torrados ganha no Marco
Torrados ganha no Marco

Os marcuenses colocaram-se em vantagem em cima do intervalo. Os felgueirenses não acusaram um golpe. No início do segundo tempo restabeleceram a igualdade e no período de compensação apontaram o tento do triunfo.

O treinador encarnado, José Oliveira, reconheceu que “o Torrados foi mais equipa e mereceu a vitória”.

Ricardo Pereira, técnico do emblema ‘canarinho’ confessou que “já estava a contar com esta vitória”.

“Tinha planeado isto. Na primeira parte tentar aguentar a pressão, para atacar na segunda parte”, garante.

Apesar do desaire, o Marco-09 manteve a liderança na prova, mas agora em igualdade pontual com o Parada.

Os paredenses, em casa, aplicaram ao Caíde de Rei a primeira derrota da época (3-1). Os lousadenses estão no 3º lugar, seguidos por Sobrosa (que empatou 1-1 na receção ao Lagares) e Desportivo da Livração (que foi ganhar a Salvador do Monte, ao Salvadorense, por 0-1).

O São Lourenço do Douro conquistou o primeiro triunfo da época na condição de visitante, e de forma expressiva, no reduto do Lousada B, por 1-4.

O Raimonda – Lamoso, o Nevogilde – Frazão e o Roriz – Várzea finalizaram com o mesmo resultado: 1-1.

 

 2ª DIVISÃO/SÉRIE 1 | Rescaldo da 10ª Jornada

Acabou a invencibilidade do Baltar. O conjunto orientado por Joel Oliveira sofreu no terreno do Ramaldense a primeira derrota da temporada (5-4). Ainda assim, os paredenses seguraram a liderança da competição.

Baltar sofreu primeira derrota da época ante o Ramaldense
Baltar sofreu primeira derrota da época ante o Ramaldense

A 10ª jornada foi proveitosa em matéria de golos. O maior destaque vai para a goleada caseira do Nun’Álvares (6-0) sobre o Sp. Cruz.

O dérbi do concelho de Paredes, entre Vandoma e Sobreirense, finalizou com uma igualdade a dois golos.

O Aliança de Gandra B triunfo, por 3-2, na receção ao Ferreira. Os mesmos números da derrota do Aliados de Lordelo B, em Melres.

O Leões de Seroa ainda não pontou. Em casa, baqueou perante o Monte Córdova (0-2).

 

2ª DIVISÃO/SÉRIE 2 | Rescaldo da 10ª Jornada

Lustosa e Macieira permanecem em zona de subida. Os dois emblemas lousadenses triunfaram sobre adversários do concelho de Penafiel.

O Lustosa foi a Croca bater o lanterna-vermelha da prova, por 0-2. O Macieira, em casa, superiorizou-se ao Calçada, por 3-0.

Lustosa ganha em Croca e mantém liderança da serie 2 da 2ª Divisão AF
Lustosa ganha em Croca e mantém liderança da serie 2 da 2ª Divisão AF

O 3º lugar é partilhado por 3 clubes: Lixa B (ganhou em Lagoas, por 0-1), Penamaior (derrotado no reduto do Baião B, por 3-2) e Vila Boa do Bispo (venceu o dérbi de Marco de Canaveses, frente ao Paços de Gaiolo, por 2-0).

No dérbi do concelho de Felgueiras, Airães e Varziela empataram a uma bola, o mesmo resultado do duelo entre Vila Boa de Quires e Codessos.

No dérbi do concelho de Paços de Ferreira, o 1º Maio Figueiró triunfou sobre o Carvalhosa, por 2-0.

O São Vicente Pinheiro alcançou o resultado mais desnivelado da ronda. Em casa, goleou o Lomba Amarante, por 5-0.

 

Luís Miguel Nogueira

Top