Está em
Início > Áudio > FUTEBOL: Rescaldo dos jogos de fim de semana das equipas da região (C/ÁUDIO)

FUTEBOL: Rescaldo dos jogos de fim de semana das equipas da região (C/ÁUDIO)

 

DIVISÃO ELITE/SÉRIE 2: Rescaldo da 12ª Jornada

O Aliados de Lordelo reforçou a liderança na série 2 da Divisão de Elite da Associação de Futebol do Porto (AFP).

A equipa orientada por Pedro Barroso obteve, frente ao lanterna-vermelha Folgosa da Maia, a 11ª vitória consecutiva da época (1-0). Passou a somar 33 pontos e já detém 5 de vantagem sobre o Paredes, 2º classificado, que saiu derrotado (1-0) da visita a Vila Meã.

O golo do triunfo dos amarantinos foi alcançado em tempo de compensação.

Paulo Amor reconhece que foi “uma vitória complicada, saborosa, mas muito justa, por tudo aquilo que os jogadores fizeram em campo”.

“O Vila Meã foi durante os 90 minutos a melhor equipa. Teve supremacia na primeira parte, que se acentuou muito mais na segunda. Criamos mais oportunidades. Conseguimos o golo já na parte final, com alguma felicidade, mas deu justiça a um jogo no qual o Vila Meã foi nitidamente melhor”, afiança.

Opinião contrária tem Eurico Couto, o treinador do Paredes: “a minha equipa pelo menos o empate merecia”.

“O jogo foi equilibrado. É um facto que entramos mal no jogo. Na primeira parte o Vila Meã teve o controlo do jogo, mas sem criar situações de golo. Aliás, não há situações de golo durante todo o jogo. Depois tivemos a infelicidade do golo aos 93’, que acontece no futebol”, lamenta.

Os paredenses atravessam a pior fase da temporada. Venceu apenas um dos últimos 4 jogos. Permanecem no 2º posto, mas os principais adversários aproximaram-se.

O Rebordosa reduziu para 6 pontos a diferença pontual para o Paredes. A equipa de Andres Madrid, em casa, triunfou sobre o Sobrado (2-0).

O Vila Meã encurtou para 8 pontos a desvantagem para o 2º lugar, tal como o Barrosas, que venceu, por 3-1, na receção ao Baião.

O técnico felgueirense, Tonanha, admite dificuldades na conquista dos 3 pontos.

“É muito complicado jogar contra o Baião. É uma equipa organizada, com algumas características que dificultam o adversário, mas fomos sempre superiores, tirando 5, 10 minutos, na altura em que sofremos o golo. Acho que a vitória nos assenta perfeitamente”, garante.

Os baionenses marcaram primeiro, mas não tiveram capacidade para segurar a magra vantagem. O técnico Filipe Teixeira lamentou a ineficácia da sua equipa nos 45 minutos iniciais.

“Podíamos ter feito mais um ou dois golos. Tivemos boas bolas para tomar melhores decisões, mas não conseguimos. Depois, na segunda parte, veio ao de cima o poder ofensivo do Barrosas. O resultado é um pouco pesado para nós”, assinala.

O Baião permanece em situação delicada na tabela. Encontra-se um lugar acima da linha d’água, com 10 pontos, os mesmos do Penafiel B, que saiu derrotado (3-1) da deslocação a Ermesinde.

O Lixa está a viver um momento negativo. Perdeu em Recarei, ante o Nun’Álvares, por 2-0. A formação orientada por Bock regista apenas uma vitória nas últimas 8 jornadas.

Ao invés, os comandados de José António Moreira estão a atravessar um ciclo positivo, com 3 jogos consecutivos a pontuar.

O Paços de Ferreira claudicou (1-0) no reduto do Tirsense. O único empate da ronda verificou-se no Vilarinho – São Pedro Cova (1-1).

 

DIVISÃO HONRA/SÉRIE 2 AFP: Rescaldo da 12ª Jornada

Gondomar B e Vila Caiz cimentaram ainda mais a liderança na Divisão de Honra da Associação de Futebol do Porto (AFP). Ganharam e aproveitaram os deslizes dos principais perseguidores na tabela.

Os gondomarenses venceram em Alfena, ao Alfenense (0-1). Os amarantinos, em casa, bateram o Valonguense, por 3-1.

O único dérbi regional da 12ª jornada, entre Citânia de Sanfins e Felgueiras B, finalizou com um empate a 3 bolas.

A equipa azul grená vencia por 0-3 no início do segundo tempo, mas consentiu a recuperação do emblema pacense.

O treinador do Citânia, Germano Pereira, realçou a atitude dos seus atletas.

“Conseguirmos o empate e não conseguirmos mais qualquer coisa por alguma falta de estrela. É verdade que o Felgueiras também podia ter feito e sentenciado o jogo, mas também podíamos ter conseguido o 4-3 e conseguido uma coisa mais engraçada. Mas acho que é justo o empate”, reconheceu.

Sérgio Gameiro, técnico do Felgueiras B, lamentou que a sua equipa se tenha desligado do jogo após se ter encontrado a vencer por 3 golos de diferença.

“Essencialmente foi um descomprimir depois do 3-0, no início da 2ª parte. A equipa começou a baixar linhas, começou a facilitar e a pensar que o jogo estava ganho, apesar de eu alertar os jogadores. O que é certo, é que houve um pequeno relaxamento e o Citânia acreditou”, explica.

O Felgueiras B manteve o lugar acima da linha d’água. O Citânia de Sanfins continua a segurar a lanterna-vermelha da prova, ainda sem ter amealhado qualquer triunfo.

O Aparecida venceu no reduto do Ataense (1-2) e deu sequência à excelente série de resultados que tem vindo a averbar.

A equipa de Tiago Moreira não perde há 8 jornadas. Está instalada no 4º posto, com 21 pontos, mais dois do que o vizinho Lousada. Os rubro-negros, em casa, derrotaram o Tirsense B (2-1).

O Rio de Moinhos recebeu e bateu o Bougadense, por 3-2. Pelo mesmo resultado, o Águias de Eiriz saiu derrotado da visita a Nogueira da Maia.

O Alpendurada também sucumbiu fora de portas, em Gens, por 1-2.

 

1ª DIVISÃO/SÉRIE 2 AFP: Rescaldo da 11ª Jornada

O Marco-09 está firme na liderança da série 2 da 1ª Divisão da Associação de Futebol do Porto (AFP). O coletivo encarnado conquistou, em Lagares, a quarta vitória consecutiva (2-1).

Um triunfo complicado, sobretudo, devido à arbitragem de Ricardo Vigário, que foi muito contestada pelo emblema encarnado. O treinador José Oliveira deu voz ao descontentamento dos marcuenses.

“Este senhor foi de má-fé para Lagares prejudicar indecentemente o Marco. Jogamos quase toda a segunda parte com 10 jogadores. Conseguimos chegar ao golo da vitória com menos um elemento. Se não fosse a categoria dos meus jogadores era impossível trazer de lá pontos”, assegura.

O Marco-09 soma 26 pontos. Dispõe de 3 de vantagem sobre um duo constituído por Caíde de Rei e Parada. Os lousadenses, em casa, bateram o Salvadorense, por 2-0. Os paredenses, pelo mesmo resultado, ganharam em Várzea.

Ao quarto aposto ascendeu o Sobrosa, que triunfou em Frazão por um tangencial 0-1. O coletivo do concelho de Paredes beneficiou ainda da surpreendente derrota caseira do Livração ante o aflito Raimonda (1-2).

Fora de portas também venceu o Lousada B (1-2), em Lamoso. O São Lourenço do Douro regressou às vitórias (4-1) na receção ao Nevogilde.

O Torrados, intramuros, não foi além de um nulo perante o Roriz.

 

2ª DIVISÃO/SÉRIE 1 AFP: Rescaldo da 9ª Jornada

O Baltar continua a realizar um percurso imaculado na série1 da 2ª Divisão da Associação de Futebol do Porto (AFP). Em 9 jogos regista outras tantas vitórias. Desta vez, em casa, despachou o Zebreirense com 6 golos sem resposta.

O conjunto de Joel Oliveira segue isolado na frente da classificação, com 5 pontos de vantagem sobre o Inter de Milheirós que, intramuros, bateu o Vandoma, por 3-0.

Do concelho de Paredes, para além do Baltar, só o Sobreirense conseguiu vencer: 3-0 à Escola de Futebol 115.

O Aliança de Gandra B empatou (2-2) no terreno do Bougadense B. Os mesmos números da igualdade do Aliados de Lordelo B na receção ao Marechal Gomes da Costa. O Nun’Álvares B saiu derrotado (2-1) da visita a Gervide.

No dérbi do concelho de Paços de Ferreira, o Ferreira ganhou ao Leões de Seroa, por 4-2.

 

2ª DIVISÃO/SÉRIE 2 AFP: Rescaldo da 9ª Jornada

Duas equipas do concelho de Lousada seguem isoladas na frente da tabela. Lustosa (21 pontos) e Macieira (20) estão em zona de subida, tendo vencido os respetivos desafios da 9ª jornada, por 1-0.

O Lustosa, em casa, bateu o Baião B, enquanto o Macieira superiorizou-se no reduto do Lixa B.

O Penamaior é o 3º classificado. O emblema de Paços de Ferreira recebeu e derrotou o Airães, por 2-0.

O 4º posto é partilhado por duas formações de Marco de Canaveses: Paços de Gaiolo e Vila Boa do Bispo.

Os pacenses venceram na receção ao Lagoas (4-2). Foi a quarta vitória consecutiva da turma orientada por Rui Rebelo.

Os vilaboenses deslocaram-se a Amarante e triunfaram diante do Lomba, por 0-1.

O dérbi de Paços de Ferreira, entre Codessos e 1º Maio Figueiró, fechou com uma igualdade a uma bola. O Varziela – Vila Boa de Quires (0-0) e o Carvalhosa – São Vicente Pinheiro (2-2) também finalizaram com a divisão de pontos.

No dérbi do concelho de Penafiel, o Calçada levou o Croca de vencida, por 3-0.

 

Luís Miguel Nogueira

Top