Está em
Início > Áudio > FUTEBOL: Rescaldos dos jogos distritais da Associação de Futebol do Porto (C/ÁUDIO)

FUTEBOL: Rescaldos dos jogos distritais da Associação de Futebol do Porto (C/ÁUDIO)

 

DIVISÃO ELITE/SÉRIE 2 AFP: Rescaldo da 11ª Jornada

 

Há um novo líder na série 2 da Divisão de Elite da Associação de Futebol do Porto (AFP). O Aliados de Lordelo ganhou (0-1) no reduto do Paços de Ferreira B e aproveitou o empate caseiro do Paredes (1-1), no dérbi concelhio frente ao Nun’Álvares, para isolar-se no comando da classificação.

A formação lordelense conquistou a 10ª vitória consecutiva da época. Passou a somar 30 pontos, mais dois do que o Paredes, que desceu ao 2º posto.

Aliados de Lordelo

O Rebordosa ascendeu ao 3º lugar, com 19 pontos, após o magro triunfo (1-0) no terreno do lanterna-vermelha Folgosa da Maia.

Todos os outros potenciais candidatos aos lugares de play-off de promoção perderam pontos nesta jornada, com destaque para Sobrado e Tirsense que não conseguiram evitar derrotas.

O cube de Valongo foi surpreendido intramuros pelo Vilarinho (0-1).

Os ‘jesuítas’ sucumbiram na deslocação ao terreno do Penafiel B. Foi o primeiro desaire do conjunto de Santo Tirso desde que Calica assumiu o comando técnico da equipa.

O treinador do Penafiel B, Hugo Neto, garante que a vitória dos rubro-negros “não sofre contestação”.

“Nós fomos claramente superiores ao Tirsense. Entramos bem no jogo, mandamos duas bolas ao poste e outra andou perto de entrar, mas fomos para o intervalo empatados, muito injustamente. Na segunda parte, conseguimos ser felizes e vencemos justamente”, frisa.

O Barrosas empatou a zero na deslocação a São Pedro da Cova. A equipa felgueirense averbou o segundo empate consecutiva sem golos. No entanto, Tonanha garante que “foi um milagre” os gondomarenses terem conseguido manter a sua baliza inviolada.

“Não me recordo de ver um jogo como o de hoje. Tivemos inúmeras oportunidades que não concretizamos por manifesta falta de sorte e também por alguma aselhice da nossa parte. Houve períodos de jogo em que foi um autêntico massacre. Não estou a exagerar, foi um milagre o que aconteceu hoje”, afiança.

No Prenhô, o duelo entre Baião e Vila Meã também terminou com um nulo. “Um resultado justo para aquilo que as duas equipas fizeram”, considera o técnico dos locais.

Ainda assim, Filipe Teixeira assegura que as oportunidades que o Baião dispôs foram “superiores e mais claras que as do Vila Meã”.

De qualquer das formas foi um jogo muito equilibrado, com momentos em que uma das equipas se superiorizava à outra. No final dos noventa minutos, o resultado é aceitável”, confessa.

O técnico amarantino também considera que a igualdade é justa, tendo em conta que “nenhum das equipas conseguiu materializar em golo as oportunidades que teve”.

“Foi um jogo muito disputado, nem sempre bem jogado. Não conseguimos concretizar nenhuma das oportunidades que tivemos e o resultado manteve-se em branco”, acrescenta Paulo Amor.

O Lixa, em casa, não foi além de uma igualdade a uma bola frente ao Ermesinde. Os lixenses continuam a atravessar uma fase delicada da temporada. Conquistaram apenas uma vitória nos últimos sete desafios. Há três jogos consecutivos que a formação orientada por Bock não vence no Senhor do Amparo.

 

DIVISÃO HONRA/SÉRIE 2 AFP: Rescaldo da 11ª Jornada

 

Terminou em branco o principal duelo da 11ª jornada da Divisão de Honra da Associação de Futebol do Porto (AFP). Os dois primeiros classificados da tabela, Gondomar B e Vila Caiz, mediram forças, mas as defesas não concederam veleidades e os golos não apareceram.

O nulo acaba por ser um “resultado certo” na opinião de Renato Coimbra. O treinador do emblema do concelho de Amarante confessa que ficou satisfeito com o ponto conquistado no reduto do primeiro classificado, mas sobretudo “com o comportamento que a equipa teve”.

“Foi um jogo muito competitivo, numa primeira parte bem jogada de parte a parte. Na segunda parte, tornou-se mais difícil com o passar dos minutos. Com o desgaste foi mais difícil para nós controlar o jogo, mas conseguimos manter sempre o Gondomar B em alerta. Julgo que mediante o que se passou o resultado é certo”, considera.

Os gondomarenses continuam a liderar a classificação com dois pontos de vantagem sobre os amarantinos. Nenhuma das equipas perdeu esta temporada.

Gondomar vs Vila Caiz

Os dois dérbis regionais da ronda finalizaram com triunfos caseiros e pelos mesmos números, 2-1.

O Felgueiras B derrotou o Lousada. A formação de Sérgio Gameiro regressou às vitórias 5 jogos depois. Os rubro-negros ainda não ganharam com Pedro Vilaça no comando.

O Alpendurada bateu o Citânia de Sanfins. Os marcuenses alcançaram a segunda vitória consecutiva. Os pacenses, que ainda não venceram esta época, caíram para o último lugar da tabela, por troca com o Ataense, que foi ganhar ao terreno do Águias de Eiriz.

O Aparecida confirmou o bom momento que atravessa. Os comandados de Tiago Moreira triunfaram, por 4-2, na receção ao Gens. Estão a pontuar há 7 jogos consdecutivos.

O Rio de Moinhos saiu derrotado (2-1) da deslocação a Valongo.

O Alfenense claudicou em Santo Tirso, ante o Tirsense B (2-1). Bougadense e Nogueirense empataram a uma bola, num jogo que foi disputado a 1 de novembro.

 

 

1ª DIVISÃO/SÉRIE 2 AFP: Rescaldo da 10ª jornada

 

O Marco-09 reforçou a liderança na série 2 da 1ª Divisão da Associação de Futebol do Porto (AFP). A equipa orientada por José Oliveira não só “cilindrou” o Frazão com 7 golos sem resposta, como também aproveitou os deslizes dos concorrentes diretos na luta pela subida de divisão.

Apesar do resultado robusto, o treinador marcuense lembra que “a vitória vale apenas 3 pontos”.

“Hoje conseguimos materializar algumas oportunidades, o que não conseguimos fazer em outros jogos. Ficaram ainda outros por marcar. Jogamos contra uma equipa que não teve argumentos, mas lutou, foi briosa, mas encontrou hoje pela frente um Marco muito capaz”, assinala.

O treinador do Frazão, Ricardo Barros, não disfarçou o desalento pela pesada derrota sofrida em Marco de Canaveses.

“É um resultado que já não se vê muito no futebol. Foi um dia mau do Frazão. O Marco aproveitou as oportunidades que teve. Sempre que iam à nossa baliza elas entravam, mas só perdemos 3 pontos”, refere.

Com a vitória sobre o Frazão, o Marco-09 passou a somar 23 pontos. Ampliou para 3 pontos a diferença para Caíde de Rei e Parada, que não conseguiram vencer os respetivos desafios frente a adversários colocados em zona de descida.

Marco 09

Os lousadenses empataram a zero em Raimonda. Os paredenses também não foram além de um nulo em Salvador do Monte, ante o Salvadorense.

O 4º lugar da tabela é agora partilhado por Livração e Sobrosa. Os livracenses empataram (1-1) no reduto do Lousada B. O conjunto do concelho de Paredes recebeu e bateu o São Lourenço do Douro, por 2-1.

O Várzea atrasou-se na corrida pelos primeiros lugares. Foi derrotado na casa do Torrados (1-0) no dérbi do concelho de Felgueiras.

De resto, triunfos forasteiros, do Lamoso em Nevogilde (1-2) e do Lagares em Roriz (0-2).

 

2ª DIVISÃO AFP: Rescaldo da 8ª Jornada

 

O Baltar continua a passear classe na série 1 da 2ª Divisão da Associação de Futebol do Porto (AFP). Com 8 jornadas decorridas, o conjunto orientado por Joel Oliveira ainda não cedeu pontos. No dérbi do concelho de Paredes, foi a Vandoma triunfar por 1-2 e segue isolado na frente.

A jornada ficou marcada pela realização de mais dois dérbis paredenses – o Nun’Álvares B – Sobreirense e o Aliança Gandra B – Aliados Lordelo B – que finalizaram com o mesmo resultado: igualdade a uma bola.

O Leões de Seroa permanece na cauda da tabela, sem pontuar. Perdeu, por 2-4, na receção ao Bougadense B. O Ferreira, em casa, não foi além de um nulo diante do Monte Córdova.

Na série 2, mudanças na frente da tabela. O Lustosa é novo líder. O emblema lousadense goleou na deslocação a Airães (0-4) e ultrapassou na tabela, não só o adversário felgueirense, como também o vizinho Macieira e o Penamaior, que foram derrotados por equipas de Marco de Canaveses.

O Macieira, anterior líder, sucumbiu na receção ao Paços de Gaiolo, por 2-4. A equipa comandada por António Babo sofreu a primeira derrota da época.

Paços de Gaiolo - futebol

O treinador do clube lousadense considera que os marcoenses “tiveram alguma felicidade, mas fizeram por ser felizes”.  No entanto, reconheceu que o Paços “ganhou com justiça”.

Rui Rebelo, técnico do Paços de Gaiolo, diz que “a vitória é justa, embora tenha sido muito difícil”.

“Tivemos também a felicidade de concretizar algumas das oportunidades que nós tivemos”, confessa.

O Penamaior abandonou a zona de subida, após o desaire sofrido no reduto do Vila Boa de Quires (1-0). O conjunto de Paços de Ferreira foi ainda alcançado na classificação pelo Lixa B que, em casa, despachou o Calçada, por 5-1.

O Baião B também obteve uma vitória expressiva (5-0) na receção ao Croca. Os penafidelenses seguram a lanterna-vermelha da prova, sem qualquer ponto somado.

O Varziela foi vencer (0-2) ao terreno do 1º Maio Figueiró. O Vila Boa do Bispo superiorizou, intramuros, ao Carvalhosa (3-1).

O Lagoas – Lomba Amarante e o São Vicente Pinheiro – Codessos finalizaram com uma igualdade a um golo.

 

Luís Miguel Nogueira

Top
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com