Está em
Início > Áudio > Grupo de jovens reativa Varziela e faz regressar o clube aos distritais (C/ÁUDIO)

Grupo de jovens reativa Varziela e faz regressar o clube aos distritais (C/ÁUDIO)

Há cerca de um ano, um grupo de jovens ligados à claque do Varziela criou o projeto “Quero Mais, Quero os Distritais” e começou a preparar a reativação do emblema felgueirense que, entretanto, tinha fechado portas devido a graves problemas financeiros.

Após a organização de vários eventos que permitiram garantir “algum fundo de maneio”, o clube está de regresso, esta temporada, às provas da Associação de Futebol do Porto (AFP), ainda que sob uma nova denominação: Associação Centro Recreativo Cultural e Desportivo de Varziela 1982.

“O outro clube foi extinto devido ao passivo demasiado elevado. Ninguém quis pegar no clube, eu e um grupo de rapazes acabamos por criar e filiar este novo clube e devolver o futebol à terra”, explica o presidente José Ricardo Silva, que lidera uma direção “composta por jovens entre os 20 e os 30 anos”.

Nos últimos anos de atividade, o CRCD Varziela competiu no campeonato amador de Felgueiras, mas “há 10 ou 15 anos” que não participava em competições federadas. Como tal, este regresso está a provocar “uma grande expetativa” na localidade, admite o dirigente.

O objetivo passa por realizar “uma época sólida, para estruturar algumas bases, para que, futuramente, o Varziela possa alcançar coisas positivas”. No entanto, José Ricardo Silva acredita que “será possível ficar nos lugares cimeiros da tabela classificativa”.

“Pelo que tem sido estas divisões em anos transatos, penso que temos algumas bases para fazer uma época positiva e andar sempre lá por cima”, admite o presidente, de apenas 23 anos.

O conjunto verde e branco vai disputar a série 2 da 2ª Divisão AFP onde terá oportunidade de defrontar outros dois emblemas do mesmo concelho: Lixa B e Airães.

“São dérbis e são jogos que têm aquele toque especial, mas vamos encarar todos os jogos da mesma forma e, se possível, ganhar sempre. Este ano, o Torrados, o Lagares e o Várzea acabaram por subir senão seria ainda mais interessante”, diz.

O plantel do CRCD Varziela será constituído por “25 jogadores”, a maioria contratados após terem prestado provas nas captações que o clube realizou durante os meses de julho e agosto.

“Tivemos até de mandar algumas pessoas embora, porque as captações tiveram muita adesão, até pelo facto do Varziela ser uma terra com muita tradição no futebol”, revela José Ricardo Silva.

“O plantel já está 90 e tal por cento fechado. Só mesmo uma exceção pode alterar alguma coisa, o que será difícil de acontecer”, acrescenta.

Rogério Leite foi o treinador escolhido para orientar a equipa felgueirense nesta época de arranque por ter “o perfil indicado” para a função.

“É um homem do futebol. Já jogou na 1ª Liga e já esteve em outros patamares. Era importante termos uma pessoa desse nível. Estamos muito seguros e otimistas pela escolha que fizemos”, confidencia o presidente do CRCD Varziela.

A estreia do clube na série 2 da 2ª Divisão AFP está agendada para 30 de setembro, em casa, frente ao debutante Lomba Amarante.

“Era importante começar a ganhar, ainda para mais perante os nossos adeptos e sócios. Tenho a certeza que, durante este mês, a equipa vai trabalhar seriamente para isso, para chegar ao dia 30 e entrar com o pé direito”, afirma.

Os trabalhos de pré-temporada do CRCD Varziela arrancam no próximo dia 4 de setembro.

 

Luís Miguel Nogueira

Top
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com