Grupo Parlamentar do PS Felgueiras apresenta voto de protesto ao Governo

Na apresentação deste voto de protesto, o líder do Grupo Parlamentar do PS, Hélder Quintela, referiu que “a intenção do Governo de fundir os sistemas multimunicipais de abastecimento de água terá influência direta e imediata no preço que os munícipes felgueirenses terão que pagar por este bem essencial”

O Grupo Parlamentar do Partido Socialista apresentou um voto de protesto ao Governo relativamente à reorganização do sector da água, anunciou hoje fonte do partido.

A iniciativa decorreu na última Assembleia Municipal de Felgueiras.

Na apresentação deste voto de protesto, o líder do Grupo Parlamentar do PS, Hélder Quintela, referiu que “a intenção do Governo de fundir os sistemas multimunicipais de abastecimento de água terá influência direta e imediata no preço que os munícipes felgueirenses terão que pagar por este bem essencial”.

Citado em comunicado, Hélder Quintela, na sua intervenção, apesar de referir que o executivo tem tido uma postura correta, não deixou de vincar a solidariedade dos vereadores socialistas no executivo.

“Os felgueirenses podem contar com a oposição veemente do Partido Socialista a esta iniciativa do Ministério do Ambiente, pois como já afirmou o Dr. António Costa “o PS assume que vai proceder ao “redimensionamento e a reestruturação do Grupo Águas de Portugal, em diálogo com os municípios, a partir de uma base zero”.

No decurso da reunião da Assembleia Municipal de Felgueiras o Partido Socialista, através do seu líder parlamentar, apresentou ainda outras preocupações relativas aos projetos que serão submetidos a apoio/comparticipação no novo quadro comunitário de apoio sabendo-se que o Governo não tem estabelecido diálogo e pontes com as autarquias como tem vindo a ser criticado pela Associação Nacional de Municípios; ao saneamento; resolução das questões relacionadas com as instalações para a Escola Profissional de Felgueiras, referindo que como o Partido Socialista assumiu no seu manifesto eleitoral, caso fosse poder esta questão já estava resolvida, e a EPF estaria já a funcionar em instalações novas adequadas e condizentes com as suas necessidades e realidade.

Relativamente ao saneamento, o Partido Socialista teve oportunidade de dar eco às preocupações da população.

“Sendo apregoado que o saneamento é um dos pontos estruturais em que este executivo pretende intervir, e sendo reconhecido que estes seis anos de governação do PSD e do Dr. Inácio Ribeiro pouco mudaram a realidade existente, questionando o executivo PSD sobre os planos a curto prazo para resolução deste problema fundamental que afeta os felgueirenses”.

O Grupo Parlamentar do PS, através do deputado Ernesto Rodrigues, lamentou também a oportunidade perdida pelo executivo para aquisição das instalações da antiga Fábrica da Bouça para as colocar ao serviço público, concretizando por exemplo o Museu do Calçado.

No decurso desta Assembleia Municipal, o Grupo Parlamentar apresentou ainda os seguintes votos de Congratulação e Louvor e que foram aprovados.