Está em
Início > Sociedade > Início da requalificação da Escola D. Manuel Faria e Sousa na primavera

Início da requalificação da Escola D. Manuel Faria e Sousa na primavera

A requalificação da Escola EB 2,3 D. Manuel Faria e Sousa, em Felgueiras, com financiamento já garantido, vai iniciar-se na primavera de 2018, após a execução do projeto e da fase concursal, avançou hoje fonte autárquica.

Segundo a mesma fonte, o financiamento vai ser assegurado, em grande parte, por recursos do FEDER (Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional) e resulta de uma candidatura apresentada pela Câmara de Felgueiras, no contexto da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa.

Previsto investimento de 1,5 milhões de euros

O investimento previsto é de 1,5 milhões de euros, devendo ser o município a suportar a quota nacional do investimento.

A fase seguinte é a execução do projeto, nos próximos meses, finda a qual avançar-se-á para o lançamento do concurso público para a empreitada. A autarquia espera que a obra possa iniciar-se antes de terminar o ano letivo.

Aquele estabelecimento, com mais de três décadas de atividade, é o principal da cidade neste nível de ensino, sendo sede de agrupamento.

Escola Manuel Faria e Sousa (2)

Há vários anos que a comunidade escolar e a direção reclamam a realização de obras de modernização.

Os trabalhos de construção civil vão incidir nas coberturas, paredes exteriores, impermeabilização e requalificação das instalações sanitários, com o objetivo de proporcionar melhores condições aos cerca de 700 alunos, professores e funcionários.

Obra desejada há muito pela comunidade escolar

Ainda no contexto do mesmo pacote de candidaturas apresentado pela Câmara de Felgueiras, já foram realizados trabalhos de requalificação na EB 2,3 de Idães, no valor de 119 mil euros, que incidiram no sistema de aquecimento, impermeabilização e pinturas, entre outras intervenções, precisou a fonte.

Em curso, encontra-se a requalificação da escola básica do primeiro ciclo do Outeiro, na Longra, orçada em 161 mil euros, com melhoramentos nas coberturas, paredes exteriores e instalações sanitárias.

Segundo a autarquia, no âmbito do mesmo pacote de candidaturas aprovadas, avançará também um conjunto de intervenções para melhorar a eficiência energética em infraestruturas públicas da administração local, através da tecnologia Led, num investimento próximo de um milhão de euros.

 

Top
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com