Leonel Costa é o novo presidente do Futebol Clube de Felgueiras

Leonel Costa é o novo presidente do Futebol Clube de Felgueiras e pretende um mandato concentrado na formação e na recuperação da massa associativa, revelou ao Expresso de Felgueiras.

“O objetivo desportivo continua a ser o da direção anterior, a subida à segunda divisão, mas estamos concentrados em recuperar a massa associativa, que é pouca e pouca com as cotas em dia, e em investir na formação”, disse o dirigente.

O FC Felgueiras conta com uma equipa principal, equipa B e todos os escalões de formação, onde estão atualmente cerca de 250 jovens jogadores.

Futebol Clube de Felgueiras

A formação é um dos objetivos principais para Leonel Costa, que pretende que os “talentos” descobertos nas camadas jovens não “fujam” para clubes vizinhos, “alguns com menos condições que o Felgueiras”, disse.

Exemplo disso, apontou o dirigente, é o caso de Pintassilgo, um jogador formado em Felgueiras que andou por vários clubes e esta temporada regressa ao FC Felgueiras.

Quanto à equipa principal, o novo presidente tem o objetivo de a ver militar na segunda divisão nacional, mas tem noção das dificuldades.

“A série do Campeonato de Portugal onde joga o Felgueiras é uma série muito competitiva e com equipas muito fortes”, reconheceu.

 

Leonel Costa foi a eleições em lista única e com elementos da anterior direção

Eleito para um mandato de três anos, Leonel Costa foi a eleições em lista única, aceitando um desafio de pessoas ligadas à anterior direção, dos parceiros e investidores do clube.

O presidente eleito quer dar continuidade ao projeto definido pela anterior direção, do qual é conhecedor, pois já integrava os órgãos sociais do clube há dois anos. A candidatura aconteceu por consenso e a lista integra elementos da anterior direção.

Ao Expresso de Felgueiras, o novo presidente do FC Felgueiras revelou ainda que o anterior dirigente, Reinaldo Teixeira, explicou a razão da sua demissão.

“Em 2017, quando o anterior presidente assumiu a presidência do clube fê-lo prevendo que seria apenas para um ano”, referiu Leonel Costa, considerando que “no atual figurino do futebol de Felgueiras não faz sentido ser presidente da SAD e do clube”.

Reinaldo Teixeira acumulava os dois cargos, tendo agora mantido apenas a presidência da SAD, com a qual, Leonel Costa, pretende colaborar.