MARCO DE CANAVESES: Câmara Municipal aposta na promoção da empregabilidade

A Câmara do Marco de Canaveses assinou um protocolo com a Universidade do Porto que irá permitir à autarquia receber estudantes que terão a oportunidade de se integrarem nos serviços municipais, informou fonte da autarquia.

Trata-se de uma iniciativa promovida pela Universidade do Porto (UP) que visa estimular os estudantes candidatos a terem uma perspetiva real do mundo do trabalho; a construir parcerias entre a U. Porto e as empresas e a aperfeiçoar a experiência educacional dos estudantes candidatos, de modo a apresentar-lhes os requisitos das profissões ajudando-os a prepararem-se para o mercado de trabalho do século XXI.

Quinze municípios aderiram ao projeto, designadamente: Famalicão, Felgueiras, Gondomar, Marco de Canaveses, Matosinhos, Ponte da Barca, Porto, São João da Madeira, Santo Tirso, Sever do Vouga, Trofa, Viana do Castelo, Vila do Conde, Vila Nova de Gaia e Vila Verde, e vão acolher nas suas estruturas estudantes da Universidade do Porto para que estes tenham “um primeiro contacto com o mundo do trabalho”.

“O nosso município revelou, desde o primeiro momento, interesse em participar neste projeto promovido pela Universidade do Porto, com vista ao desenvolvimento de atividades conjuntas em prol da sensibilização do mundo académico para a importância da empregabilidade”, revelou o presidente da Câmara do Marco, citado em comunicado, acrescentando:

“É importante estabelecer este feedback entre as necessidades das empresas do Marco de Canaveses, em matéria de competências dos profissionais, permitindo criar mutuamente quadros qualificados nas empresas, bem como formações e experiências académicas completas que preparem os jovens alunos para uma melhor integração no mundo do trabalho”.

Com a assinatura deste protocolo de colaboração, os estudantes da U.Porto terão a oportunidade de se integrarem nos serviços das autarquias, acompanhando um profissional  – que servirá como mentor do estudante –  no seu dia-a-dia de trabalho, para assim obter uma experiência laboral capaz de “melhorar as suas competências para o exercício da atividade profissional”.

Estas 15 autarquias serão os primeiros parceiros do Projeto de Apoio à Empregabilidade que a Universidade do Porto está a levar a cabo juntos dos seus estudantes com o objetivo de fomentar a aproximação entre o universo empresarial e a Universidade, permitindo uma cada vez “maior convergência entre a saída dos jovens do mundo académico e a entrada da vida profissional”.