Está em
Início > Economia > Metade da produção de vinho verde da Quinta da Lixa foi para exportação

Metade da produção de vinho verde da Quinta da Lixa foi para exportação

Metade da produção de vinho verde da Quinta da Lixa, no primeiro semestre de 2015, destinou-se à exportação, o que representou 1,5 milhões de euros de faturação, anunciou hoje fonte da empresa sediada na Lixa, concelho de Felgueiras.

Segundo a empresa, o volume global de negócio naquele período foi de cerca de três milhões de euros.

Este ano, a Quinta da Lixa conquistou novos mercados internacionais, nomeadamente Espanha, Estónia, Letónia, Taiwan e Ucrânia. Neste momento, a empresa exporta para 34 países.

“A entrada nestas novas geografias é extremamente recompensante e um sinal de que o nosso trabalho de penetração em novos mercados está a surtir efeito”, comentou Óscar Meireles, diretor geral da empresa vitivinícola, citado num comunicado.

Alemanha, Estado Unidos, Suíça, Áustria e Holanda são os principais mercados.

Japão, Camboja, Vietname e Colômbia são outros territórios com presença da marca.

Segundo a fonte, a Quinta da Lixa encontra-se entre os cinco maiores produtores da região dos vinhos verdes e é o maior exportador português de vinho da casta Alvarinho para os Estados Unidos.

A produtora de vinhos verdes anuncia que o mercado norte-americano deverá ocupar, no final de 2015, o primeiro lugar na lista dos países com maior peso na faturação.

Em 2014, a faturação global da empresa atingiu os 5,5 milhões e euros.

Para este ano é esperado um crescimento de 10%.

APM // MSP

Lusa/fim

Top
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com