Está em
Início > Desporto > Novo traçado da Fafe Street Stage e regresso do troço Aboim/Vizela ao Rali de Fafe

Novo traçado da Fafe Street Stage e regresso do troço Aboim/Vizela ao Rali de Fafe

O Rali Serras de Fafe vai para a estrada a 22 e 23 de fevereiro, com um novo traçado para a Fafe Street Stage e o regresso do troço Aboim/Vizela, que começa em Aboim, passa pelo rio Vizela e regressa a Aboim, onde termina, anunciou a organização.

Destaque também para a participação do piloto do WRC, Dani Sordo, aos comandos de um Hyundai i20 R5.

A prova foi apresentada no Arquivo Municipal de Fafe e a segurança foi uma das preocupações da organização.

Carlos Cruz, o presidente do Demoporto, clube organizador, prevê boa adesão de participantes, “dado que a presença do Sordo atrai muito pilotos espanhóis”.

O dirigente anunciou algumas novidades, nomeadamente na sexta-feira, dia 22, com a novidade do traçado da Fafe Street Stage que começa pelas 21:00. Arranca com o Campeonato de Ralis Norte de Ralis e termina com os participantes do Campeonato de Portugal de Ralis.

 

Rali Serras de Fafe 3

 

“No sábado, realiza-se Ruivães com novo traçado. São Pedro, que já não se faz há muito, regressa à prova e vamos ter o troço Aboim/Vizela, que começa em Aboim, passa pelo rio Vizela e regressa à mesma localidade de Aboim, onde termina”, acrescentou.

“À tarde teremos os clássicos Montim e Lameirinha e esperamos terminar às 17:30, em Fafe, com uma grande festa na Praça do Município”, rematou o presidente do Demoporto.

O presidente da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting, Ni Amorim, abriu a sessão de apresentação, realçando a importância que o Rali Serras de Fafe tem para o Campeonato de Portugal de Ralis.

“É o primeiro rali do campeonato e por isso é um momento muito importante, pois o que se passa em Fafe serve de barómetro para o que se vai passar no resto da época. Ano passado foi assim e chegamos ao Algarve com praticamente o mesmo número de carros que tivemos em Fafe e com três pilotos a disputarem o título”.

A presença de Dani Sordo foi também realçada por Ni Amorim, que reforçou o apelo à comunicação social para divulgar o rali e ajudar a reforçar o apelo à segurança.

O presidente da Câmara Municipal de Fafe, Raul Cunha, reforçou também o apelo à segurança e explicou o porquê da necessidade de alterar o traçado da Fafe Street Stage.

“Queremos fazer um percurso que traga o rali ao centro da cidade, mas não perturbe o seu bom funcionamento. Este ano, a Fafe Street Stage passa mais perto do parque da cidade e dessa forma deixa o centro mais livre, para que a cidade funcione”.

E acrescentou: “A nossa preocupação com o desenvolvimento do rali e com o bom funcionamento da cidade obrigou-nos a estas alterações e acreditamos que o espetáculo não vai sair prejudicado.”

O presidente do Município reforçou “a aposta do município nos ralis como forma de promoção turística e esta á uma aposta ganha” e não deixou de agradecer ao vereador Parcídio e aos funcionários do município pelo empenho no desenvolvimento da modalidade.

 

Top
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com