Está em
Início > Destaque > Nuno Fonseca é candidato à Câmara à frente de lista independente

Nuno Fonseca é candidato à Câmara à frente de lista independente

Depois de conhecidas as candidaturas de Inácio Ribeiro, pelo PSD, e de Pedro Araújo, pelo PS, anuncia-se agora a candidatura de Nuno Fonseca, o conhecido empresário felgueirense, como independente dos tradicionais canais partidários. Nesta edição, numa primeira entrevista, ficamos a conhecer o contexto em que acontece esta candidatura e algumas das suas ideias para o concelho.

FOTO: Armindo Mendes
Nuno Fonseca, felgueirense de 38 anos, gere uma estrutura empresarial com cerca de 500 colaboradores | FOTO: Armindo Mendes

 

EXPRESSO DE FELGUEIRAS (EF) – Fala-se que pode ser candidato à presidência da Câmara de Felgueiras, liderando, eventualmente, uma lista apoiada pelo CDS e outros pequenos partidos, congregando descontentes de várias áreas políticas em relação à atual gestão PSD. Confirma?

NUNO FONSECA (NF) – Sou candidato à Câmara Municipal de Felgueiras, liderando um núcleo de cidadãos, mulheres e homens, empenhados e capacitados para uma mudança ansiada por todos. Sou independente, numa candidatura independente. A decisão de me apresentar a votos perante os felgueirenses surge pelo contacto diário com os cidadãos deste concelho que me transmitem a necessidade de uma transformação política e social, que eleve Felgueiras ao patamar onde merece e pode estar. As mesmas pessoas que me incentivam que é possível acreditar num novo modelo de gestão municipal, que acreditam em mim, nas ideias e num projeto de modernidade. Sou independente, sem dependências partidárias.

 

EF – Chegou a haver contactos com o CDS ou outros partidos?

NF –Sim, existiram algumas reuniões. Após alguma reflexão, entendemos que esta candidatura independente interpreta aquilo que acreditamos ser o melhor projeto para as pessoas.

 

EF – Quais as razões que o levou a ser candidato independente?

NF – Acreditar que é possível fazer política fora dos modelos convencionais. O desafio lançado por inúmeras pessoas de Felgueiras levou-me a abraçar uma alternativa política local, pluralista, apartidária e independente, na perspetiva de um desenvolvimento sustentado do concelho de Felgueiras, onde todos são iguais. Prova disso é que definimos para as Juntas de Freguesia um modelo diferente do que tem sido utilizado pelos partidos tradicionais, acreditando que o problema da gestão autárquica atual está centrado no executivo municipal e não nos autarcas das juntas freguesia, pilares fundamentais da governação do território. Assim, assumimos que não apresentaremos qualquer candidatura às Juntas de Freguesia, com a convicção de que a população nos dará os melhores representantes e com eles construiremos o futuro do nosso concelho.

 

“Estou convicto do potencial de sucesso e vitória”

 

EF – Acredita que tem, assim, mais condições para conquistar a liderança da câmara?

NF- Sim, Acredito! As circunstâncias do desafio que se impõem a uma candidatura independente são mais exigentes e difíceis de transpor. Estamos conscientes das dificuldades do caminho. Sendo uma plataforma aberta a todos e que pretende devolver Felgueiras aos Felgueirenses, cabe aos mesmos analisar e optar pelo projeto com que se identificam. Conscientes que esta candidatura expressará, certamente, a maioria dos anseios da comunidade, estou convicto do potencial de sucesso e vitória.

 

FOTO: Armindo Mendes
Nuno Fonseca é presidente da Associação Empresarial de Felgueiras desde 2010 | FOTO: Armindo Mendes

 

EF – Como independente, perspetivar-se-á, pelo menos no plano formal, um processo mais exigente. Acredita que vai superar as dificuldades?

NF – Sim, Acredito!  Este projeto será composto de pessoas capazes de estruturar este processo e ir superando as dificuldades. Neste momento sinto que temos a obrigação de fazer isto pelas pessoas do nosso concelho.

EF – Quer aproveitar esta oportunidade para, resumidamente, avançar com algumas ideias da sua candidatura?

NF – Diagnosticar de forma clara os problemas sociais, económicos e políticos, orientar as suas ações para propostas concretas de resolução, defendendo o interesse comum, atraindo pessoas capazes e excecionais que se dediquem com paixão e energia à implementação local do conceito de governança, essencial ao reposicionamento do Município de Felgueiras, ao crescimento e desenvolvimento local e à melhoria da qualidade de vida dos Felgueirenses.

Chamar à responsabilidade do Presidente a resolução dos problemas do urbanismo, com particular atenção aos processos de licenciamento e à necessidade de celeridade na análise e decisão, através da criação da via verde para o licenciamento.

Desbloquear a alteração do PDM e assumir essa necessidade como uma urgência para o desenvolvimento do concelho.

Dar voz aos anseios das pessoas, retomando as audiências como processo regular e permanente.

Transferências de verbas para as Juntas de Freguesias de forma transparente e reforçar a sua capacidade de resposta, aumentando os meios financeiros, técnicos e humanos, para lá do que tem sucedido.

Dar resposta definitiva ao desejo da população na melhoria da sua qualidade de vida priorizando a criação de espaços verdes e de lazer.

Os compromissos da minha candidatura projetam as diversas áreas da ação municipal e têm as pessoas como missão permanente, seja nas áreas de economia, política social e cultural, sustentabilidade e ambiente, atividade desportiva, mobilidade, representatividade dos jovens criando uma politica municipal de juventude.

Trazer para o concelho eventos de dimensão nacional e internacional com impacto direto na economia local, como por exemplo o Rali de Portugal.

Na organização da Câmara Municipal de Felgueiras, como medida prioritária, solucionar as condições lastimáveis dos serviços operativos, junto ao Estádio Dr. Machado de Matos, que sucessivamente tem sido prometido aos trabalhadores e que nunca foi cumprido. Mas não só neste sector se nota a frustração dos recursos humanos do município, o quadro de chefias actual, técnicos que não são de Felgueiras, que desconhecem o concelho e a sua identidade, são uma das causas da inoperância e falta de paixão na entrega ao serviço público. Vamos combater as causas desta motivação, com uma gestão de recursos humanos que valorize as competências dos trabalhadores .

O nosso compromisso é o trabalho!

FOTO: Armindo Mendes
“Este é um projeto de futuro, de um novo futuro para o nosso concelho e para todos nós”, afirmou o candidato, em entrevista ao Expresso de Felgueiras | FOTO: Armindo Mendes

“Felgueiras está parada pela inoperância e incompetência de quem nos tem governado localmente”

 

EF – Como candidato, que avaliação faz da gestão camarária liderada por Inácio Ribeiro, após dois mandatos?

NF – Felgueiras está na mesma, não evoluiu, os problemas de ontem são os problemas de hoje. Felgueiras está parada pela inoperância e incompetência de quem nos tem governado localmente, preso a um ciclo político que esta terminado, carente de ideias e entusiasmo.

Mas acreditamos que o ano 2017 poderá ser histórico! Sentimos, no contacto com os felgueirenses, que existe uma enorme vontade de apostar em políticas e protagonistas diferentes. A nossa responsabilidade é ir de encontro a essa vontade de mudança, oferecendo uma alternativa credível, composta por pessoas nas quais os nossos eleitores revejam, confiem e com um programa de governação local realista e verdadeiro.

Oito anos de inércia é demasiado tempo. Nem tudo foram aspetos negativos, mas a verdade é que só podemos adivinhar quão melhor poderíamos estar se em Felgueiras outras opções políticas tivessem sido tomadas. Mas o passado é passado. Este é um projeto de futuro, de um novo futuro para o nosso concelho e para todos nós.

 

 

 

 

Top