Está em
Início > Destaque > Paços de Ferreira criou mais de 2.500 empregos em três anos

Paços de Ferreira criou mais de 2.500 empregos em três anos

O concelho de Paços de Ferreira criou, em três anos, mais de 2.500 postos de trabalho e registou a maior redução da taxa de desemprego do norte do país, anunciou o presidente da Câmara, Humberto Brito.

Segundo o autarca, de 2014 a 2016, o desemprego diminuiu mais de 40% e as exportações das empresas locais aumentaram 50 milhões de euros, fixando-se no ano passado em 390 milhões de euros.

Falando numa conferência de imprensa onde hoje foi apresentado o investimento de uma multinacional francesa, Humberto Brito, defendeu que Paços de Ferreira apresenta atualmente uma grande dinâmica empresarial. Naquele período, anotou, foram investidos mais de 50 milhões de euros no tecido empresarial.

“Paços de Ferreira está no rumo certo”, exclamou, recordando que o concelho tem mais de 5.000 empresas num raio de cinco quilómetros.

Disse também aos jornalistas que tem estado a visitar algumas empresas do concelho, no âmbito da semana que a autarquia dedica ao investimento e ao emprego.

“Temos sentido um clima de grande confiança nos nossos empresários”, disse.

O presidente da Câmara recordou que em três anos foram criadas 561 empresas em Paços de Ferreira.

Ao lado do autarca encontrava-se o presidente da Associação Empresarial de Paços de Ferreira, Rui Carneiro, que também assinalou o bom momento da economia local, destacando o crescimento das exportações nos setores do mobiliário e do têxtil, que predominam no concelho.

Para o dirigente, a grande dificuldade atual é a contratação de mão de obra, já que, reconheceu, não há recursos humanos suficientes para satisfazer as necessidades de algumas empresas.

Top
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com