Primeiro hotel vínico da Rota dos Vinhos Verdes abre sexta-feira

Edificado numa propriedade com 30 hectares, 22 dos quais vinha, a nova infraestrutura destina-se a criar sinergias com a Quinta da Lixa que recebe, anualmente, mais de 2.600 turistas no serviço de Enoturismo, mas apenas para fazer provas e visitas

Site oficial Monverde – Wine Experience Hotel

A Quinta da Lixa investiu quatro milhões de euros naquele que será o primeiro hotel vínico da Rota dos Vinhos Verdes e que vai abrir portas na sexta-feira, anunciou fonte da empresa.

Desigando de ‘Monverde – Wine Experience Hotel’, é da propriedade da produtora de vinho verde Quinta da Lixa e representou um investimento próprio superior a quatro milhões de euros.

Edificado numa propriedade com 30 hectares, 22 dos quais vinha, a nova infraestrutura destina-se a criar sinergias com a Quinta da Lixa que recebe, anualmente, mais de 2.600 turistas no serviço de Enoturismo, mas apenas para fazer provas e visitas.

Situado na Quinta de Sanguinhedo, entre Felgueiras e Amarante, o novo hotel de 4 estrelas disponibiliza 29 quartos e um apartamento, num intervalo de preços que vai dos 110 aos 300 euros por dia.

Os clientes do Monverde vão poder ainda desfrutar de uma variedade de serviços complementares que vão desde o restaurante de comida tradicional e regional cuja assinatura pertence ao Chef Agostinho Martins; passando pelo distinto wine bar; até ao sereno e relaxante spa vínico, com piscina interior e exterior.

A pensar nos negócios e eventos sociais, o novo hotel rural possuiu ainda duas salas e uma adega versátil para a realização de provas, conferências, reuniões e/ou serviços especiais.

Em comunicado, a Quinta da Lixa refere ainda que “a grande atração deverá ser mesmo a adega experimental, onde os clientes vão poder participar em diversas atividades de enologia”.