Está em
Início > Destaque > PS de Felgueiras diz que PSD “está desorientado no tempo e no espaço”

PS de Felgueiras diz que PSD “está desorientado no tempo e no espaço”

O PS de Felgueiras acusou hoje o PSD de “estar desorientado no tempo e no espaço”, defendendo que o atual executivo “já fez mais num ano do que o PSD em oito”.

Em comunicado enviado ao Expresso de Felgueiras, os socialistas consideram que os sociais democratas “caminham para uma situação de descrédito político, junto da população, e para o seu desaparecimento em Felgueiras”.

A reação do PS surge após a conferência de imprensa dada pelo PSD, na qual os sociais democratas fizeram um balanço de um ano do mandato de Nuno Fonseca à frente da autarquia.

Na ocasião, o PSD de Felgueiras acusou o atual executivo de “falta de humildade e seriedade”, quando reivindica para si projetos iniciados e elaborados pelo anterior executivo, de maioria social democrata.

No comunicado, o PS, que lidera a autarquia através da coligação “Sim, Acredita”, juntamente com o partido Livre, dá alguns exemplos da governação de oito anos do PSD, enumerando ajustes diretos e assessorias por eles realizados.

“Foram oito anos de política ideológica de direita sem qualquer plano estratégico de fundo para o desenvolvimento de Felgueiras”, vinca o PS.

E acrescenta: “Para o PSD Felgueiras a memória é muito curta, demonstra bem a desorientação e o caos em que se encontra”.

 

“Nuno Fonseca já fez mais num ano do que o PSD em oito”

Por outro lado, o Partido Socialista de Felgueiras defende que o atual executivo, liderado por Nuno Fonseca, “já fez mais num ano que o PSD em oito”.

Os socialistas deixam alguns exemplos, como a descentralização das reuniões de câmaras pelas freguesias, o reforço das verbas para as Associações Humanitárias dos Bombeiros Voluntários, a reabertura do processo, junto do Governo da República, para a construção da Variante de Moure a Sendim e o desbloqueamento de inúmeros processos de licenciamentos.

 

Nuno Fonseca Feira das Tradições

 

O aterro industrial de Sendim, a rede de saneamento, a alteração ao PDM, a reivindicação do caminho de ferro para a região e o investimento de cerca de 9,5 milhões de euros na recolha de resíduos sólidos urbanos, são alguns dos exemplos dados pelo PS.

O PS lembrou ainda a aposta na educação, com medidas como o “cheque escolar”, na cultura, com a Praça das Artes, e em novos colaboradores para as escolas.

“Contra factos não há argumentos! Existe, por parte do atual executivo, uma grande aposta na educação, área social e cultural, sectores importantes e estruturantes para o futuro do nosso concelho”, lê-se no comunicado.

“Temos um presidente de Câmara e um executivo que vive e “respira” 24 horas Felgueiras”

O PS de Felgueiras revela ainda que “congratula e apoia” o atual executivo pela “aposta arrojada e inovadora com base nestas e noutras medidas, que irão, certamente, ao encontro das propostas apresentadas ao eleitorado felgueirense nas últimas eleições autárquicas”.

“Hoje, temos um presidente de câmara e um executivo que vive e “respira” 24 horas Felgueiras. Um presidente de Câmara empenhado, persistente e reivindicador dos anseios e inquietações de todos os felgueirenses, que contrasta o passado recente onde tínhamos em executivo PSD, distante, frio e autoritário”, defendem.

Top