Rota do Românico do Tâmega e Sousa vai ser parceira de projeto espanhol

A Rota do Românico do Tâmega e Sousa vai ser parceira de um projeto espanhol, designado Enciclopédia do Românico, que será apresentado na quarta-feira, no Porto, foi hoje anunciado.

Em comunicado enviado à Lusa, a Rota do Românico assinala que este projeto vai “permitir o estudo aprofundado de todo o românico nacional e a sua inclusão na monumental obra Enciclopédia do Românico, que conta já, para o território espanhol, com um total de 52 volumes publicados”.

Enciclopédia do Românico

A “Enciclopédia do Românico” é dinamizada pela “Fundación Santa María la Real del Patrimonio Histórico”, com sede em Aguilar de Campoo, em Palência, Espanha.

Aquele projeto foi agraciado pelo Prémio Europa Nostra 2003, como o melhor trabalho editorial sobre o Património Cultural.

A parceria que, desde 2007, tem unido aquele projeto espanhol e a Rota do Românico, “numa contínua troca de experiências, assiste agora a um novo momento de colaboração, através do convite para a participação da Rota nos trabalhos da Enciclopédia do Românico em Portugal”, destaca-se também no comunicado.

Esta colaboração vai traduzir-se no “fornecimento de vasta documentação científica, planimétrica e fotográfica” e assumir-se-á “igualmente como um reconhecimento do papel que a Rota do Românico tem vindo a desempenhar, na última década, na produção e disseminação de conhecimentos sobre a arte românica”.

Os trabalhos da Enciclopédia do Românico em Portugal serão desenvolvidos pelo Departamento de Ciências e Técnicas do Património, da FLUP, sob coordenação dos professores Lúcia Rosas, Leonor Botelho e Mário Barroca.

Aqueles especialistas, destaca o projeto português, juntar-se-ão “às mais de 2.000 pessoas, de diversas universidades e outras instituições que já participaram na elaboração da Enciclopédia do Românico”.

A Rota do Românico tem sede em Lousada, no distrito do Porto, e reúne 58 monumentos, distribuídos por 12 municípios do Tâmega e Sousa (Amarante, Baião, Castelo de Paiva, Celorico de Basto, Cinfães, Felgueiras, Lousada, Marco de Canaveses, Paços de Ferreira, Paredes, Penafiel e Resende).

APM // JGJ

Lusa/Fim