Está em
Início > Região > Sapadores da CIM do Tâmega e Sousa já atuaram em 25 hectares de floresta

Sapadores da CIM do Tâmega e Sousa já atuaram em 25 hectares de floresta

A brigada de sapadores florestais da Comunidade Intermunicipal (CIM) do Tâmega e Sousa interveio, nos últimos dois meses, em cerca de 25 hectares de floresta, em vários concelhos, no contexto da prevenção de incêndios, foi hoje revelado.

Os trabalhos têm decorrido em zonas com maior vulnerabilidade aos fogos florestais, em articulação com os gabinetes técnicos florestais dos 11 municípios e com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF).

Os meios no terreno têm executado faixas de gestão de combustível, “através de ações de silvicultura preventiva, nomeadamente corte de vegetação arbustiva e arbórea”, para “diminuir a carga de combustível dessas áreas”.

Os sapadores atuaram na serra da Aboboreira, em Baião, na Zona Industrial de Castelo de Paiva, na serra de Montedeiras, em Marco de Canaveses, nas freguesias de Souselo, Fornelos e Nespereira, em Cinfães, e na freguesia de Sousela, em Lousada.

Os próximos trabalhos terão lugar nos concelhos de Resende, Paços de Ferreira e Baião.

“Estas intervenções têm como objetivo criar várias barreiras estratégicas contra a progressão dos incêndios, através da diminuição da carga de combustível e, consequentemente, da sua continuidade, e da criação de locais de oportunidade para o apoio ao combate a incêndios florestais”, assinala a comunidade intermunicipal.

A brigada de sapadores florestais da CIM do Tâmega e Sousa, com sede em Baião, foi criada em março, no âmbito de uma candidatura a fundos nacionais.

A equipa é formada por 14 sapadores e um engenheiro florestal, que lidera a equipa.

Os primeiros três meses foram de formação, ministrada pelo ICNF.

A brigada está equipada com viaturas todo-o-terreno e equipamentos de corte e de proteção individual.

 

Top
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com