Seguro foi mais forte que Costa nas concelhias do Tâmega e Sousa

No conjunto das oito concelhias, Seguro teve 5.474 votos (57,8%) e Costa 3.986 votos (42,13%)

Arquivo

António Costa ganhou, no domingo, as eleições nacionais no PS para a escolha do candidato a primeiro-ministro, mas no interior do distrito do Porto o mais votado foi António José Seguro, com mais quase 1.500 votos do que o seu adversário.
Costa e Seguro empataram no número de concelhias, mas Seguro foi mais forte nas estruturas onde votaram mais militantes e simpatizantes.
No conjunto das oito concelhias, Seguro teve 5.474 votos (57,8%) e Costa 3.986 votos (42,13%).
No total, Seguro foi mais forte em Baião, Marco de Canaveses, Penafiel e Felgueiras, as concelhias onde havia mais inscritos.
Costa saiu vencedor em Amarante, Lousada, Paços de Ferreira e Paredes.
O resultado mais expressivo de Seguro foi em Baião, onde alcançou os 89,6%.
Lousada foi a concelhia onde Costa teve a maior percentagem de votos (69,4%).
A concelhia que mais votantes teve foi Penafiel, com 2.272, seguida de Felgueiras, com 1925, e Marco de Canaveses, com 1382.
As estruturas que tinham menor número de inscrições eram Lousada (288), Paços de Ferreira (297) e Paredes (718).
Eis os resultados, de acordo com dados disponibilizados hoje ao Tâmegasousa.pt pela Federação do Porto do Partido Socialista:

Paços de Ferreira:
Costa: 153
Seguro: 143

Penafiel:
Seguro: 1.274
Costa: 995

Marco de Canaveses:
Costa 592
Seguro 790

Baião:
Costa: 141
Seguro: 1.213

Amarante:
Costa: 731
Seguro: 539

Lousada:
Costa: 200
Seguro: 88

Paredes:
Costa: 408
Seguro: 306

Felgueiras:
Costa: 776
Seguro 1.121