Sessão solene do aniversário do Agrupamento 694 de Margaride decorre hoje

O Agrupamento 694 de Margaride, Felgueiras, assinalada hoje 35 anos de existência, com uma sessão solene que vai decorrer, pelas 19:00, na Casa das Artes de Felgueiras.

As comemorações do aniversário têm vindo a ser realizadas ao longo do mês de março, com duas conferências que trouxeram a Felgueiras o chefe Carlos Alberto Pereira e o chefe João Armando Gonçalves, ex-presidente do Comité Mundial do Escutismo.

Hoje, a sessão contará com a presença da família escutista, instituições do concelho e autoridades civis e religiosas.

O agrupamento iniciou com a frequência de cursos de formação, seguida de um estágio no Agrupamento 435 de Santa Eulália, que viria a culminar com a fundação do agrupamento no dia 19 de março de 1983.

Sede do Agrupamento de Escuteiros de Margaride 2

Animados com o que Baden Powell lhe ensinou, o agrupamento, que tem como patrono S. José, refere que “são 35 anos a marcar. Cheios de sonhos que sempre o impele a mexer”.

Os primeiros dirigentes foram o padre Rodrigo da Costa Ferreira, Orlando Araújo, Maria Glória Freitas, Luz Maria Martins, Maria Glória Coelho, Manuel António Costa Alves, José Carlos Pinheiro e José Luís Sousa.

O Agrupamento 694 é o “fiel depositário e seguidor do legado dos primeiros dirigentes que, em 1981, abraçaram o projeto e deram início à sua preparação”, refere em comunicado.

Neste percurso da vida do agrupamento, que é acima de tudo um percurso Escutista e onde o Escutismo é o modo de estar e agir, “houve com certeza momentos marcantes, mas também momentos mais difíceis, mas importa realçar que O Escutismo é um Projeto Educativo”.