Agrupamento de Escolas de Airães promove iniciativa para combater desperdício alimentar

Um projeto de culinária lançado no Agrupamento de Escolas de Airães visa sensibilizar a comunidade para a importância de combater o desperdício alimentar e aproximar os encarregados de edução ao processo educativo, explicou ao Expresso de Felgueiras a promotora da iniciativa.

 

O “Cozinhar é comigo” desafia estudantes e encarregados de educação a elaborar e documentar receitas que utilizem restos alimentares, indicou Sílvia Sampaio.

“O que estamos a sugerir é que documentem, com fotografias, todo o processo. No final, as propostas submetidas serão compiladas num livro de receitas digital, que será disponibilizado a toda a comunidade escolar”, acrescenta.

A docente anota que o projeto se realiza no âmbito do Programa Nacional de Sucesso Escolar, do qual é a representante, para o ano letivo 2020/2021, no Agrupamento de Escolas de Airães.

Entre os vários objetivos que o programa pretende alcançar, Sílvia Sampaio indica que o “Cozinhar é comigo” tenta, sobretudo, aproximar mais as famílias às escolas e ao processo de aprendizagem.

 

recolha-de-alimentos-1200x675

 

“Há, na realidade, um desencontro, uma falta de integração da família na escola que, com projetos como este, tentamos colmatar”, frisa, acrescentando que a atual conjuntura, com a maioria dos alunos em casa, é particularmente propícia à participação na iniciativa.

A promotora indicou que os trabalhos deverão ser submetidos, por email, com a receita e fotografias do processo de elaboração, até ao final do ano letivo 2020/2021.

A participação está aberta a todos os alunos e encarregados de educação do Agrupamento de Escolas de Airães.

Os interessados podem obter mais informação sobre este projeto consultando o portal online da instituição.