Aluna de mestrado da ESTG vence prémio em concurso de projetos académicos

Uma aluna da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Felgueiras (ESTG) venceu um prémio no âmbito de uma iniciativa que desafiou alunos do ensino superior a propor soluções para a reconstrução das organizações no período pós-pandemia, indicou hoje fonte escolar.

 

O concurso “Academia Grace” visa o desenvolvimento de projetos académicos sobre Responsabilidade e Sustentabilidade Corporativas ou temáticas conexas.

A estudante Vera Freitas, do Mestrado em Gestão de Projetos da ESTG, venceu a categoria “Impacto” com o projeto “+Bioplásticos – Transformamos os seus desperdícios alimentares em valor”, acrescenta a instituição de ensino superior, em comunicado.

O projeto, sob a orientação da Prof. Vanda Lima, “propõe uma solução baseada num modelo de economia circular, que engloba a recolha e tratamento de subprodutos agrícolas e resíduos alimentares orgânicos para a produção de biopolímeros PHAs, utilizados na produção de bioplásticos”, anota.

Citada em comunicado, Vera Freitas explica que pretendeu alertar para o problema e consequências da “ubiquidade dos plásticos” e propor “um novo recomeço, mais resiliente e sustentável, que acelere a mudança para uma economia bio-circular dos plásticos”.

No âmbito deste concurso foram declarados quatro vencedores, nomeadamente do Prémio Ideia, Prémio Ação, Prémio Impacto e Prémio Academia GRACE.