Barrosas bate Lixa no dérbi de Felgueiras e sobe ao 2º lugar (C/ÁUDIO)

O Barrosas derrotou o FC Lixa, por 2-1, no dérbi do concelho de Felgueiras, em atraso da 8ª jornada da Divisão de Elite da Associação de Futebol do Porto (AFP).

 

A equipa da casa entrou melhor no jogo e, logo aos 13′, adiantou-se no marcador, por intermédio de Carlos. No entanto, os lixenses não acusaram o golpe, tomaram conta das rédeas da partida e restabeleceram a igualdade, através de um golo de Rafa, perto do intervalo.

Na segunda metade, aos 60′, Seixas assinou o tento do triunfo do Barrosas, que permitiu a subida ao segundo lugar da tabela.

Tonanha, treinador do Barrosas, não disfarçou a satisfação pela conquista da quarta vitória consecutiva, a culminar “uma semana muito complicada”.

“Tive jogadores que foram a jogo e, se calhar, não estavam nas melhores condições. Por isso, tenho de deixar uma palavra de grande apreço e de gratidão para com os meus jogadores que, sem dúvida, são uns campeões”, enalteceu.

“Não foi um jogo fácil porque do outro lado também tivemos um grande opositor, com grandes individualidades, bem orientada e que nos criou inúmeros problemas. Na primeira parte fizemos um golo, mas a seguir adormecemos um bocadinho, o Lixa empatou e o adversário acabou por estar melhor”, admitiu.

 

 

“Ao intervalo, pedi mais um esforço aos meus jogadores e foi o que fizeram. Mostraram uma grande personalidade e grande solidariedade em campo. Controlamos o jogo por completo, fizemos o 2-1 e acho que, no cômputo geral, a vitória foi bem entregue ao Barrosas. Mas tivemos pela frente um grande opositor, uma grande equipa, com grandes individualidades e que nos dificultou ao máximo a nossa vitória”, salientou.

Já Filipe Mesquita considerou que o dérbi do concelho de Felgueiras foi “um jogo equilibrado”, pelo que “o empate teria sido o resultado mais correto por aquilo que se passou em campo”.

“Houve supremacia do Lixa na primeira parte, podíamos ter saído em vantagem para o intervalo, mas não conseguimos. Não estamos a conseguir concretizar as oportunidades que criámos. Tivemos duas ou três de golo iminente. Depois, na segunda parte, penso que o jogo foi mais equilibrado, mas num fogacho o Barrosas fez o 2-1 e sentenciou a partida”, lamentou o treinador do Lixa.

 

 

Os azuis e brancos sofreram a terceira derrota consecutiva e estão há cinco jogos sem vencer. Ocupam o 12º posto da tabela, com 14 pontos, mas menos dois jogos.

Já o Barrosas é a equipa em melhor momento de forma no campeonato. Ganhou os últimos quatro desafios. Nos últimos oito jogos amealhou seis vitórias e dois empates. Passou a somar 25 pontos igualou o Marco-09 no segundo lugar da pauta classificativa.