Barrosas concede empate frente ao Baião

O Barrosas não foi além de um empate (0-0), no dia 21, no jogo que disputou em casa, frente ao Baião, em partida a contar para a jornada 25 da AF Porto Divisão de Elite – Pro-nacional.

Ao EXPRESSO DE FELGUEIRAS, o diretor desportivo do Barrosas, Alfredo Jorge, disse que a formação da casa foi a única equipa que procurou ganhar o encontro.

“O Baião apresentou-se em Barrosas com uma estratégia defensiva, foi uma equipa que jogou sempre com as linhas muito baixas e raramente arriscou”, frisou, salientando que a equipa orientada por Carlos Monteiro dispôs ainda de duas claras oportunidades flagrantes que poderiam ter alterado a história do encontro.

“Dispusemos de dois lances claros de golo, mas mais uma vez faltou-nos a argúcia e a eficácia para materializar”, sustentou, sublinhando que o guarda-redes do Baião esteve seguro entre os postes e opôs-se nesses dois lances, mantendo a baliza inviolável.

“Na jornada anterior, na partida com o Padronense, conseguimos explanar melhor o nosso jogo. Com o Baião, isso não aconteceu”, justificou.

No fim-de-semana, com a divisão de elite parada, o Barrosas vai jogar com o Crestuma para a Taça de Portugal.

Sobre o encontro de domingo, Alfredo Jorge assinalou que o objetivo da formação de Felgueiras é ir o mais longe possível e passar à fase seguinte.

“Prevejo um jogo difícil para o Barrosas que vai jogar a Crestuma, um adversário que eliminou na eliminatória anterior o Paredes, da divisão de elite”, afirmou, assinalando que o Barrosas terá de ser uma equipa unida, coesa e jogar um futebol organizado, se quiser continuar em prova.

Com o empate frente ao Baião, o Barrosas é 12.º classificado com 29 pontos.

O próximo encontro para o campeonato está agendado para o dia 06 de março com o Oliveira do Douro, que é 7.º classificado e tem 35 pontos.